22 SET 2020 | ATUALIZADO 18:31
ESTADO
23/01/2020 10:41
Atualizado
23/01/2020 10:47

Cosern orienta população sobre ligações provisórias no Carnaval 2020

A+   A-  
A companhia está orientando que os responsáveis pelas festas e os comerciantes solicitem desde já as ligações provisórias à Cosern, pois o prazo limite se encerra no dia 15 de fevereiro. A ação visa garantir a segurança da população e combater ligações clandestinas; saiba como solicitar a ligação provisória.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

A menos de um mês para o Carnaval, a Cosern está reforçando as orientações para quem vai fazer uso de ligações provisórias de energia elétrica durante a folia e intensificando as ações de combate a ligações clandestinas de energia como forma de prevenir acidentes com comerciantes e foliões.

A orientação é que os responsáveis pelas festas e os comerciantes solicitem desde já as ligações provisórias à Cosern, pois o prazo limite se encerra no dia 15 de fevereiro.

As solicitações podem ser feitas em qualquer Loja de Atendimento da Concessionária e a orientação é que os clientes evitem deixar a requisição para última hora, sob o risco de não ter o serviço atendido a tempo.

A Cosern ressalta que não é possível fazer ligações provisórias de cargas móveis a carroças, vans e caminhões.

Durante a realização das prévias e nos dias oficiais do carnaval, que em 2020 acontece de 21 a 26 de fevereiro, equipes técnicas da Cosern serão reforçadas e farão a inspeção na rede elétrica que atenderá as ligações de energia para agremiações, camarotes, palcos, barracas e comércio temporário espalhados nos principais polos carnavalescos do estado.

Em Novembro, a Cosern comunicou a todas as prefeituras que realizam carnaval a necessidade de solicitação de vistoria com 75 dias de antecedência para realização de festas e desfiles de blocos ou trios elétricos durante a festa.

De posse desse laudo da Cosern, o Corpo de Bombeiros libera ou veta a realização dos eventos.

As ligações clandestinas que por ventura forem identificadas serão retiradas imediatamente pelas equipes da Cosern.

O desvio de energia elétrica é crime, previsto no artigo 155 do Código Penal, e a pena pode chegar a oito anos de reclusão.

Além de crime, o “gato” representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo, causa oscilações no fornecimento e pode provocar a queima de eletrodomésticos.

COMO SOLICITAR A LIGAÇÃO PROVISÓRIA

As solicitações podem ser feitas no horário comercial com a antecedência de, pelo menos, quatro dias do início da utilização da carga.

Os interessados devem apresentar a licença de funcionamento concedida pela prefeitura da cidade onde será instalado a medição provisória e, no caso de ligações em área de praia, será exigida a apresentação da portaria de permissão de uso do Patrimônio da União.

Também devem ser apresentados documentos de identidade e CPF ou outro documento oficial com foto, além de ser necessário informar os equipamentos que serão instalados.

Ao declarar informações como a carga a ser utilizada e o período de uso da energia, o cliente receberá uma “Fatura de Caução” que deve ser paga e reapresentada no atendimento para liberação da ligação, conforme as características informadas.

Para assegurar o fornecimento, também será necessário pagar uma taxa, referente aos serviços de vistoria, ligação e desligamento da energia. É importante que o comerciante observe e informe à Cosern a existência de rede elétrica no trecho onde pretende se instalar.

Também será necessário que o cliente instale o padrão de entrada para receber a ligação provisória de energia. No ato da solicitação, ele receberá todas as orientações técnicas referentes à instalação.


Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário