25 JUL 2024 | ATUALIZADO 18:39
MOSSORÓ
DA REDAÇÃO
23/03/2020 10:21
Atualizado
23/03/2020 11:43

Equipe vai realizar visita técnica para avaliar reabertura do Hospital da Polícia

A+   A-  
A gerente da II Ursap, Emiliana Bezerra Cavalcanti, vai acompanhar técnicos da vigilância sanitária, engenheiros, e médicos em visita, nesta segunda-feira (23), para avaliar a possibilidade de reabrir o hospital, em Mossoró. O governo também vai negociar leitos com o Hospital São Luiz. As medida visam ampliar a capacidade de oferta de leitos na rede do SUS do RN para enfrentamento ao coronavírus.
Imagem 1 -  Emiliana Bezerra Cavalcanti, gerente da II Ursap, informou que as medidas visam desafogar os hospitais regionais e garantir capacidade de atendimento pacientes infectados com o coronavírus.
Emiliana Bezerra Cavalcanti, gerente da II Ursap, informou que as medidas visam desafogar os hospitais regionais e garantir capacidade de atendimento pacientes infectados com o coronavírus.
FOTO: REPRODUÇÃO

Nesta segunda-feira (23) a gerente da II Unidade Regional de Saúde Pública (II Ursap), Emiliana Bezerra Cavalcanti, vai acompanhar técnicos da vigilância sanitária, engenheiros, e médicos em visita para avaliar o Hospital da Polícia, em Mossoró.

A unidade está fechada atualmente, mas o governo do estado estuda a possibilidade de reabri-la para ampliar os leitos de UTI e a capacidade de atendimento de possíveis pacientes infectados com coronavírus no estado.

A equipe também deve visitar, ainda nesta segunda-feira, o Hospital São Luís, para ver a possibilidade de o Estado negociar leitos de UTI no local.

A secretária de saúde de Mossoró, Saudade Oliveira, também foi convidada para participar da das visitas.

Neste domingo (22) a governadora Fátima Bezerra e o secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia, também requisitaram o prédio do antigo Hospital Papi, em Natal.

Todas essas medidas vêm sendo tomadas pela Sesap visando ampliar a capacidade de oferta de leitos na rede do SUS e possibilitar o redirecionamento de pacientes para desafogar os hospitais de referência.

Veja mais:

Governo do RN requisita prédio do hospital Papi para casos de coronavírus

Se reaberto, o Hospital da Polícia terá capacidade para comportar 50 novos leitos para atendimento a pacientes em estado menos grave.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário