18 JAN 2021 | ATUALIZADO 20:20
ESTADO
CEZAR ALVES
27/05/2020 10:16
Atualizado
27/05/2020 10:30

[OPINIÃO] “Pode continuar soltando os cachorros em mim!”

A+   A-  
Ao invés de ajudar o povo, a gestão de Areia Branca botou uma quadrilha para me atacar de manhã, tarde e noite nas redes sociais por eu alertar sobre a situação na cidade. Nesta terça-feira, 26, a Prefeitura de Areia Branca informou que 19 pessoas haviam morrido de covid-19. Isto foi durante o dia. No início da noite, sem ter para onde transferir, morreram mais dois em Areia Branca. Uma destas vítimas, um rapaz bem jovem.
Imagem 1 -
FOTO: ARQUIVO

Pedi para a gestão de Areia Branca/RN, alertei, gritei, postei matéria, vídeos, fiz transmissões online, mostrei números, dados, nomes de pessoas morrendo, para que medidas fossem adotadas para conter o avanço do coronavírus.

Ao invés de ajudar o povo, botaram uma quadrilha para me atacar de manhã, tarde e noite nas redes sociais.

E naquele primeiro alerta que fiz, ainda era possível conter o vírus fiscalizando para que o decreto de isolamento social fosse cumprido. A gestão municipal fez ouvido de mercador. Parecia que estava querendo que aquilo acontecesse mesmo!

Era uma festinha aqui, paredão de som aculá, reboleixon na Praia de Upanema, uma banca de jogo na esquina, o mercado público com portas escancaradas, gente enchendo a cara nos bares, lojas etc, hospital sem respirador, sem insumos, sem EPIs suficientes e sem gente treinada para lidar com a covid-19.

Os vídeos foram postados nas redes sociais.

Eu não precisava ser médico para perceber quando haviam 4 mortos e 11 internados em Mossoró, que se não houvesse reação imediata e enérgica em Areia Branca, aquilo se transformaria em tragédia, o que de fato agora se configura com 21 mortes e 11 internados. 43/100.

E não existe justificativa para a gestão municipal, que tem a frente Iraneide Rebouças, não ter comprados EPIs, paramentado seus servidores, para conter o avanço do coronavírus.

Haviam R$ 8,6 milhões na conta no dia 30 de abril, boa parte destes recursos exclusivo para conter vírus.

E quando procuramos no Diário Oficial do Municipal, encontramos contrato para pintar o muro do estádio por 200 mil, que a assessoria comunicação explicou que não se tratava de uma simples pintura. Era uma obra de arte, que quando pronta se transformaria em ponto turístico na cidade.

Ao invés de irem às ruas para salvar a vida das pessoas, optaram por me atacar, enviando dezenas e mais dezenas de mensagens, muitas delas enviadas diretamente a mim com chantagens. Obviamente que não fez efeito e jamais vai fazer. O alerta era é para salvar vidas.

A governadora Fátima Bezerra conversou com a prefeita Iraneide Rebouças e fizeram um movimento na cidade. Internamente, avisei que no nível de contaminação na cidade, o trabalho deveria ser de casa em casa, levando informações e mantimentos para as famílias isolarem as pessoas contaminadas e, assim, no desespero, tentar evitar mais mortes.

Desceram a lenha em mim com gosto de gás, mesmo o número de mortes já tendo chegado a 11 e de internados continuava na casa dos 10. Ou seja, continuava aumentando, conforme havia mostrado, desenhado, falado, gritado que ia acontecer.

O chefe de Gabinete da Prefeitura de Areia Branca, Dário Silva, explicou que a população ficasse tranquila que em, no máximo, 3 semanas, não haveria mais ninguém com coronavírus em Areia Branca.

Ele disse que as pessoas seriam imunizadas na medida que fosse pegando a doença e se curando, num processo que ele equivocadamente disse se tratar de teoria de "imunização de rebanho", um termo médico cunhado há muitos anos e que é bem diferente do que ocorre em Areia Branca.

Nesta terça-feira, 26, a Prefeitura de Areia Branca informou que 19 pessoas haviam morrido de covid-19. Isto foi durante o dia. No início da noite, sem ter para onde transferir (até para Pau dos Ferros tentaram), morreram mais dois em Areia Branca. Uma destas vítimas, um rapaz bem jovem.

Nesta quarta-feira, 27, não tenho mais dúvidas nenhuma de que o MPRN, Ministério Público Federal - MPF, MPT devem adotarem medidas URGENTES para apurar responsabilidades e de forte intervenção para ajudar, com informações e mantimentos, se necessário for, de casa em casa, a população de Areia Branca/RN.

Ah, a gestão municipal pode continuar soltando os cachorros em mim!


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário