07 JUL 2020 | ATUALIZADO 08:45
EDUCAÇÃO
29/05/2020 17:24
Atualizado
29/05/2020 17:39

Capes prorroga bolsas de pesquisas interrompidas pela pandemia

A+   A-  
Estudantes de mestrado e doutorados atingidos pelo isolamento social serão beneficiados. A decisão, implementada em caráter excepcional e publicada na Portaria nº 55, contempla mais de 12 mil bolsas de pesquisa.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) prorrogou para até três meses o financiamento de pesquisas de mestrado e doutorado que foram interrompidas em virtude da pandemia do coronavírus. A decisão, implementada em caráter excepcional e publicada na Portaria nº 55, contempla mais de 12 mil bolsas de pesquisa.

A recomendação do órgão é para que as instituições de ensino superior efetuem a prorrogação das bolsas em que a pesquisa foi afetada pelo isolamento social imposto pela Covid-19 – ou seja, as quais os estudantes não puderam realizar pesquisa de campo, por exemplo.

“Nosso esforço é justamente na direção de ajudar nossos bolsistas, dando mais tempo para concluírem com êxito suas pesquisas”, destacou o presidente da Capes, Benedito Aguiar.

As universidades podem realizar o procedimento a qualquer momento, registrando o interesse no Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios (SCBA) da Capes.

A prorrogação integra uma das medidas da Capes que visam diminuir os impactos da pandemia na  pós-graduação do país. Para auxiliar a realização de pesquisas em combate ao coronavírus, o órgão também lançou o Programa Estratégico Emergencial de Combate a Surtos, Endemias, Epidemias e Pandemias.

Foram financiadas 2.600 bolsas de pesquisa para cursos das áreas de Saúde e Exatas, e apoio a até 87 projetos de pesquisa.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário