08 AGO 2020 | ATUALIZADO 20:10
SAÚDE
06/07/2020 09:32
Atualizado
06/07/2020 09:33

Alguns tipos de alergias são mais comuns no inverno, saiba como evitá-las

A+   A-  
“As alergias são uma resposta dada pelo nosso sistema imunológico quando entramos em contato com corpos estranhos, como pólen, poeira, ácaros ou pelos de animais. Os casos se tornam mais frequentes nessa época do ano porque esses causadores de alergia ficam mais desprendidos no ar, possibilitando um contato maior com as pessoas", explica o alergologista Roberto Pacheco.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

O inverno é um períodos mais críticos para os alérgicos. O frio combinado com o tempo mais seco pode agravar as doenças respiratórias, ressecamento da pele, infecções, resfriados, problemas nos olhos e sangramento nasal.

Com as temperaturas baixas em questão de minutos podem surgir a coceira no nariz, a irritação nos olhos e a dificuldade de respirar, principais sintomas da rinite.

O cansaço, um aperto no peito e chiado, são sinais claros de que a asma pode estar atacando. De acordo com o alergologista do Hapvida, Dr. Roberto Pacheco.

“As alergias são uma resposta dada pelo nosso sistema imunológico quando entramos em contato com corpos estranhos, como pólen, poeira, ácaros ou pelos de animais. Os casos se tornam mais frequentes nessa época do ano porque esses causadores de alergia ficam mais desprendidos no ar, possibilitando um contato maior com as pessoas".

Das chamadas doenças do inverno, as respiratórias são as mais preocupantes. “As pessoas respiram esse ar muito seco e isso acaba irritando as vias respiratórias, por isso, nessa época do ano os atendimentos nas unidades de saúde aumentam”, disse o alergologista.

Segundo o médico, as chamadas imunoterapias (tratamentos focados em auxiliar e fortalecer o sistema imunológico) são uma boa opção para quem quer ficar livre de uma alergia específica.

Alguns cuidados podem ser muito úteis para pessoas que possuem alergias: manter a casa bem arejada e ventilada; limpar a casa diariamente com pano úmido, sem espanadores, o alérgico não deve participar da faxina, mas se não for possível, usar máscara com filtro.

Também é preciso evitar acúmulo de objetos no quarto que dificulte a sua limpeza; usar capas em travesseiros e colchões; evitar o tabagismo ou fumaça de cigarro; lavar as roupas guardadas por longo tempo antes de usá-las; Manter uma alimentação saudável e o corpo hidratado.

Se for fazer atividade física, exercitar-se longe do tráfego e em horário adequado; tomar vacina contra a gripe e se você já faz tratamento para alergia, discuta com seu médico o tratamento para o inverno


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário