01 OUT 2020 | ATUALIZADO 18:26
ESTADO
04/08/2020 18:41
Atualizado
04/08/2020 18:43

Fiern diz que precisou desligar 80 colaboradores devido a pandemia

A+   A-  
Por meio de nota, a Federação disse que a queda em sua receita foi maior do que a simulação feita em março, no início da pandemia. Segundo a nota, a perda foi de, aproximadamente, 40% em comparação com o mesmo período do ano anterior.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Nesta terça-feira (4) a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (Sistema Fiern) informou que precisou realizar o desligamento de 80 colaboradores, devido a crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

O Sistema havia garantido que não haveria desligamentos, mesmo com a queda de receitas, até o mês de julho, fato que se concretizou.

No entrando, por meio de nota, a Fiern disse que a queda em sua receita foi maior do que a simulação feita em março, no início da pandemia. Segundo a nota, a perda foi de, aproximadamente, 40% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Ainda segundo a nota, a Federação disse que muitos dos colaboradores desligados aderiram ao plano de desligamento voluntário “ou que dispõem de algum outro vínculo que gera comprovada renda”.

Veja nota na íntegra:


Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário