26 OUT 2020 | ATUALIZADO 23:16
POLÍCIA
CEZAR ALVES
28/09/2020 15:14
Atualizado
28/09/2020 16:17

Acusados de matarem e queimarem Geane vão a júri no dia 25 de novembro

A+   A-  
Atividade do Tribunal do Júri vão retomar as atividades no dia 4 de novembro, sob a presidência do juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros; 14 acusados de crimes contra a vida vão sentar no banco dos réus
Imagem 1 -  Acusados de matarem e queimarem Geane vão a júri no dia 25 de novembro. Atividade do Tribunal do Júri vão retomar as atividades no dia 4 de novembro, sob a presidência do juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros; 14 acusados de crimes contra a vida vão sentar no banco dos réus.
Acusados de matarem e queimarem Geane vão a júri no dia 25 de novembro. Atividade do Tribunal do Júri vão retomar as atividades no dia 4 de novembro, sob a presidência do juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros; 14 acusados de crimes contra a vida vão sentar no banco dos réus.
FOTO: ARQUIVO

Os julgamentos de réus acusados de crimes contra a vida serão retomados pela Justiça Estadual no dia 4 de novembro próximo, em Mossoró-RN. A informação foi confirmada em Edital de Convocação para o Tribunal de Júri publicado no dia 24 de setembro.

O Edital é assinado pelo juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros. As sessões estão previstas para acontecerem no Salão do Tribunal do Júri Popular do Fórum Desembargador Silveira Martins, localizado no Bairro Costa e Silva, zona leste de Mossoró.

No caso, o juiz Vagnos Kelly prevê que pelo menos 14 réus serão julgados neste intervalo de 4 a 30 de novembro pela sociedade mossoroenses. O principal processo são dos acusados de matarem e queimarem a menina Geane de Melo Nogueira, de 12 anos.

"No dia 04 de novembro de 2018, por volta das 21h30min, na Rua Pupunha, s/n, Bairro Dom Jaime Câmara, Mossoró /RN, os denunciados, em comunhão de desígnios, com animus necandi, por motivo torpe, com emprego fogo, tortura ou outro meio indicioso ou cruel, com recurso que dificultou as chances de defesa, mataram a vítima Geane de Melo Nogueira.”

Os principais acusados de matarem a menina Jeane e atearem fogo são:

Fábio David da Silva Aquino,

Maria Luiza de Moura Diogenes,

Letícia Vital Ramos,

Danilo Souza de Lucena

O assassinato da menina Geane foi uma vingança. É que dois irmãos dela, Jerferson e Giovani Nogueira mataram o menino Antony Caleb, dias antes, na mesma região. Os dois foram presos e já foram condenados pela sociedade mossoroenses, tendo pegado juntos 102 anos de prisão.

Assim como o caso do menino Caleb, os policiais agiram rápido e conseguiram identificar os assassinos da menina Geane, tendo prendido vários suspeitos, sendo que destes 4 foram pronunciados para serem julgados pela sociedade mossoroenses.

Lista dos processos que serão julgados pela sociedade em mossoroenses em novembro.

Veja AQUI.

Para a retomadas dos trabalhos do Tribunal do Júri Popular, a Justiça vai precisar tomar uma série de medidas para evitar a propagação do novo coronavírus.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário