25 NOV 2020 | ATUALIZADO 18:31
POLÍCIA
26/10/2020 21:08
Atualizado
26/10/2020 23:32

Candidato a prefeito é conduzido preso e logo em seguida é solto em João Dias

A+   A-  
Na comitiva de assessores do candidato Marcelo Oliveira, havia um advogado no exercício da função, que também foi conduzido preso para a Delegacia Regional de Alexandria, o que terminou fazendo com que a OAB de Pau dos Ferros entrasse no caso para defender as prerrogativas do advogado
Imagem 1 -  Na comitiva de assessores do candidato Marcelo Oliveira, havia um advogado no exercício da função, que também foi conduzido preso para a Delegacia Regional de Alexandria, o que terminou fazendo com que a OAB de Pau dos Ferros entrasse no caso para defender as prerrogativas do advogado
Na comitiva de assessores do candidato Marcelo Oliveira, havia um advogado no exercício da função, que também foi conduzido preso para a Delegacia Regional de Alexandria, o que terminou fazendo com que a OAB de Pau dos Ferros entrasse no caso para defender as prerrogativas do advogado
Foto Cedida

O candidato a prefeito Marcelo Oliveira, de João Dias/RN, e alguns auxiliares foram conduzidos a Delegacia Regional de Alexandria-RN na tarde desta segunda-feira, dia 26.

Entre os auxiliares do candidato a prefeito, havia um advogado trabalhando e os policiais o conduziram também, levando a OAB de Pau dos Ferros a entrar no caso contra os policiais.

Não ficou claro a razão da condução do candidato e de seus auxiliares, entre eles um advogado. A Policia  deve emitir uma nota explicando a situação nesta terça-feira, 27.

A Polícia Civil (DEICOR) está na região de João Dias, Alexandria, Antônio Martins, com apoio até de um helicóptero, na busca por traficantes de drogas, já tendo efetuado a prisão de alguns suspeitos semana passada.


E entre os suspeitos presos (fortemente armados) estavam o vereador Laete Jácome, que apoia a candidatura de Marcelo Oliveira, e o traficante paraibano Carlos André Freire da Silva, de 45.

Veja mais

Deicor prende vereador e mais 5 suspeitos em João Dias

E a prisão de Laete e Carlos ocorreu quando os policiais do DEICOR estavam procurando cumprir ordens judiciais para prender quatro filhos na casa do vereador..

Os quatro são acusados de tráfico de drogas e estão com preventiva decretada.

A advogada Damária Jácome, filha de Laete Jácome, e candidata a vice-prefeita na chapa de Marcelo Oliveira, também teve a prisão preventiva decretada e está foragida.

Veja mais

Advogada candidata a vice-prefeita em João Dias tem prisão preventiva decretada e está foragida

O traficante Carlos André, é casado com a irmã de Damária (filha de Laete Jácome). Ele estava sendo procurado pela INTERPOL por tráfico internacional de drogas. 

Veja mais

Procurado pela Interpol é preso na casa de vereador de João Dias

Nesta segunda-feira, Marcelo Oliveira e seus auxiliares estavam em campanha pela cidade quando foram abordados pelos policiais civis e conduzidos para a DP de Alexandria. 

Os seguidores e apoiadores do candidato o seguiram até Alexandria e lá fizeram protestos para que a Polícia o soltasse. O caso foi resolvido e Marcelo foi solto.

A presidente da OAB, em Pau dos Ferros, Lidiane Dias, se deslocou também para Alexandria, para acompanhar o caso da condução do advogado de Marcelo Oliveira, também conduzido.

Em contato com o MOSSORÓ HOJE, Lidiane Dias disse que a Policia Militar cometeu o crime de abuso de autoridade quando conduziu o advogado no exercício da função.

Avisou que vai adotar todas medidas cabíveis. Não acrescentou quais. Além do prefeito, o delegado Aroldo Sales ouviu o depoimento do advogado e demais pessoas da comitiva.

Após as oitivas, o candidato foi liberado e erguido nos braços por apoiadores em frente da Delegacia  Regional de Alexandria.

A Policia Civil vai continuar as investigações para prender os traficantes que já estão com prisão preventiva decretada e principalmente para evitar novos assassinatos.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário