25 NOV 2020 | ATUALIZADO 18:31
POLÍCIA
31/10/2020 21:26
Atualizado
31/10/2020 21:34

ITEP investiga se restos mortais encontrado perto do Jucuri é de Phelipe

A+   A-  
Phelipe foi raptado de casa na madrugada do dia 9 deste mês e desde então estava sendo procurado pela família. Durante as investigações do rapto, a Polícia Civil chegou a visualizar videos de câmeras de rua com Phelipe sendo levado
Imagem 1 -  Phelipe foi raptado de casa na madrugada do dia 9 deste mês e desde então estava sendo procurado pela família. Durante as investigações do rapto, a Polícia Civil chegou a visualizar videos de câmeras de rua com Phelipe sendo levado
Phelipe foi raptado de casa na madrugada do dia 9 deste mês e desde então estava sendo procurado pela família. Durante as investigações do rapto, a Polícia Civil chegou a visualizar videos de câmeras de rua com Phelipe sendo levado

O Instituto Técnico-científico de Perícia (ITEP) vai enviar os restos mortais encontrado numa área de mata após a comunidade do Jucuri, no início da manhã deste sábado, 31, para saber se é do jovem Phelipe Eduardo Oliveira Jesus, de 24 anos.

Phelipe Eduardo havia sido raptado de casa durante a madrugada do dia 9 deste mês no bairro Aeroporto, onde reside na casa da avô, em Mossoró.  Pelo menos 3 homens foram vistos em vídeos de monitoramento de rua levando o rapaz.

O MOSSORO HOJE destacou o caso.

Família procura jovem raptado de casa no bairro Aeroporto, em Mossoró

Tio de Phelipe pede ajuda para encontra-lo

Os restos mortais foram encontrados após a comunidade do Jucuri. Estava numa região afastada da BR 437. Os assassinos passaram por portão de ferro, entre duas carnaubas, seguiram a estrada vircinal até o final e entraram a esquerda.

Próximo a uma torre de energia e uma plantação antiga de sorgo, o deixaram. O corpo foi encontrado por um tratorista, que avisou a Policia, que confirmou o fato. O ITEP removeu os restos mortais e fazer os exames de identificação oficial.

Os familiares de Phelipe estiveram na Delegacia de Plantão, para registrar mais um Boletim de Ocorrência. O outro foi registrado no dia que Phelipe foi raptado. Existe indícios de que o corpo encontrado seja de Phelipe.

Porém, só será possível ter esta confirmação oficial depois de exames mais apurados na arcada dentária e de DNA. Para que isto aconteça, os restos mortais encontrado será enviado para o laboratório do ITEP, em Natal.

O rapto de Phelipe está sendo investigado pelo delegado Alex Vagner. No caso de confirmação, o resultado será anexado ao processo e o delegado passará a investigar não mais como rapto e sim como assassinato.

No caso de não confirmar que realmente se trata do corpo de Phelipe, a Polícia Civil segue com o investigação em andamento com relação ao rapto e abre outro inquérito para investigar a origem dos restos mortais encontrado.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário