30 NOV 2020 | ATUALIZADO 07:33
MOSSORÓ
20/11/2020 09:28
Atualizado
20/11/2020 10:27

Guarda Municipal de Mossoró recebe equipamentos adquiridos com recursos federais

A+   A-  
Foram entregues nesta quinta-feira 15 pistolas de eletrochoque, 5 carabinas, 60 coletes, além de 20 rádios e duas caminhonetes L200; O armamento de uso letal foi adquirido a partir de emenda parlamentar, destinada pelo deputado federal General Girão, no valor de R$ 100 mil; Já a verba para aquisição dos demais itens, inclusive das caminhonetes, foi conquistada a partir do projeto elaborada pelos Guardas Civis Municipais Nathan Fernandes e Lilian Cynthia, e aprovado pelo Ministério da Justiça.
Imagem 1 -
FOTO: LUCIANO LELLYS

A Guarda Municipal de Mossoró recebeu na tarde desta quinta-feira (19), 15 pistolas de eletrochoque, 5 carabinas, 60 coletes, além de 20 rádios e duas caminhonetes L200 (que servirão para o patrulha Maria da Penha).

Para utilização das armas de fogo, os guardas irão passar por um curso de capacitação, após o convênio com a Polícia Federal. De acordo com a Prefeitura, a previsão é de que até março de 2021, 60 guardas estejam aptos a utilizarem as armas de fogo.

“Estamos concretizando a entrega do armamento e novos veículos, associado ao trabalho de inteligência e videomonitoramento que foi ampliado na minha gestão. O material para o trabalho era mínimo, e a situação mudou, fazendo a segurança com tecnologia e modernidade”, disse a prefeita Rosalba Ciarlini, que participou da entrega do material.

O município conta com 289 guardas civis. Rudrigo Carvalho, comandante da Guarda, esteve presente durante a cerimônia de entrega.

“As armas são da emenda do deputado federal, Eliéser Girão. Os coletes, rádios digitais e viaturas são do projeto Patrulha Maria da Penha. Será muito importante para atuarmos na cidade”, destacou.

Como citado, o armamento de uso letal foi adquirido a partir de emenda parlamentar, destinada pelo deputado federal General Girão, no valor de R$ 100 mil.

Já a verba para aquisição dos demais itens, inclusive das caminhonetes, foi conquistada a partir do projeto elaborada pelos Guardas Civis Municipais Nathan Fernandes e Lilian Cynthia.

A Patrulha Maria da Penha foi aprovada, entre 1.323 outras de várias regiões do Brasil, pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, em Brasília (DF), para ser implantado, de forma piloto, em Mossoró-RN.

Com financiamento do Fundo de Defesa de Direitos Difusos (FDD), a experiência em Mossoró servirá como base para que o projeto seja ampliado para outros municípios.

Veja mais:

Mossoró ganha Patrulha Maria da Penha, financiado pelo Ministério da Justiça

Projeto-piloto da Patrulha Maria da Penha será implantado em Mossoró

Projeto Patrulha Maria da Penha é lançado durante solenidade em Mossoró


Apesar do esforço, os dois guardas municipais, Nathan Fernandes e Lilian Cynthia, responsáveis pelo projeto que garantiu a compra dos equipamentos, não foram convidados para a solenidade de entrega.

O inspetor da Guarda Municipal, Brito Alves, ficou satisfeito com a chegada dos equipamentos. “Sabemos que a criminalidade tem aumentado muito no Brasil e são necessárias ações eficazes que visem a prevenção e atuação ostensiva. A Guarda Municipal tem sido uma parceira junto às forças de segurança. Esse equipamento só vem para somar e conseguirmos dar um apoio melhor, chegando junto da população”, falou.

Estiveram presentes na solenidade a vice-prefeita Nayara Gadêlha, o Deputado Federal, Eliéser Girão, além do secretário de segurança, Sócrates Vieira.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário