08 MAR 2021 | ATUALIZADO 21:17
MOSSORÓ
ANNA PAULA BRITO
02/02/2021 18:40
Atualizado
03/02/2021 09:22

Recém nascido engasgado é salvo por policiais do DPRE de Mossoró

A+   A-  
O pequeno Heitor Cauã, de apenas 23 dias de vida, teria se engasgado com restos de secreções ainda decorrentes do parto. Desesperada, a mãe do bebê abordou os Policiais da VTR TOR 01 por volta das 12h desta terça-feira (2), próximo ao viaduto de saída para Natal. A criança já estava sem fôlego quando recebeu os primeiros socorros e foi levada às pressas, na viatura, para a UPA do Alto de São Manoel. A agilidade dos PMs foi fundamental para salvar o menino.
Imagem 1 -  Recém nascido engasgado é salvo por policiais do DPRE de Mossoró. O pequeno Heitor Cauã, de apenas 23 dias de vida, teria se engasgado com restos de secreções ainda decorrentes do parto. Desesperada, a mãe do bebê abordou os Policiais da VTR TOR 01 por volta das 12h desta terça-feira (2), próximo ao viaduto de saída para Natal. A criança já estava sem fôlego quando recebeu os primeiros socorros e foi levada às pressas, na viatura, para a UPA do Alto de São Manoel. A agilidade dos PMs foi fundamental para salvar o menino.
Recém nascido engasgado é salvo por policiais do DPRE de Mossoró. O pequeno Heitor Cauã, de apenas 23 dias de vida, teria se engasgado com restos de secreções ainda decorrentes do parto. Desesperada, a mãe do bebê abordou os Policiais da VTR TOR 01 por volta das 12h desta terça-feira (2), próximo ao viaduto de saída para Natal. A criança já estava sem fôlego quando recebeu os primeiros socorros e foi levada às pressas, na viatura, para a UPA do Alto de São Manoel. A agilidade dos PMs foi fundamental para salvar o menino.
FOTO: CEDIDA/SGT SILVESTRE

Um recém nascido teve a vida salva graças a ação rápida de Policiais Militares do Departamento de Polícia Rodoviária Estadual (DPRE), da cidade de Mossoró.

Heitor Cauã, de apenas 23 dias de vida, teria se engasgado, provavelmente, com restos de secreções ainda decorrentes do parto. O caso aconteceu por volta das 12h desta terça-feira (2).

O Sargento Silvestre contou ao MOSSORÓ HOJE que a viatura em que ele estava, juntamente com os Sargentos Madson e Walney, foi abordada por um veículo, na altura do viaduto de saída para Natal.

A mãe da criança desceu do veículo desesperada e entregou a criança pedindo por ajuda. Ele explica que, de imediato, iniciou as manobras de primeiros socorros e seguiram com a mãe e o menino, na viatura, para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alto de São Manoel.

“Quando peguei ele nos braços, ele chorava muito e já estava mudando de cor. Comecei a fazer os procedimentos que a gente aprende nos cursos e percebi que a respiração dele foi aliviando. Depois encostei ele no meu peito e ele parou de chorar. Foi até a UPA bem quietinho”, contou o Sgt. Silveste.

Chegando na UPA, Heitor foi atendido imediatamente e as enfermeiras informaram que ele já estava fora de perigo e que, provavelmente, tenha sido um engasgo causado pelas secreções do parto.

Silvestre diz que a guarnição permaneceu no local até saber que o bebê tava bem e depois seguiram para continuar a patrulha.

Falou, ainda, que eles vão voltar na UPA depois para saber o endereço da mãe de Heitor, pois pretendem fazer uma visita ao menino.

“É um bebezinho lindo, fico feliz por a gente ter ajudado. Foi uma ocorrência atípica, sabe? Que Deus nos abençoou e pudemos salvar aquela criança”, concluiu.


Notas

Posto JP Fevereiro de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário