08 MAR 2021 | ATUALIZADO 21:17
POLÍCIA
22/02/2021 08:45
Atualizado
22/02/2021 09:34

Baleado sábado, jovem voltou para casa e foi executado nesta segunda

A+   A-  
Guerra no município de Rodolfo Fernandes já deixou seis mortos nos últimos seis meses e o temor na cidade é que outros cinco termine também mortos; No caso do assassinato ocorrido na manhã desta segunda-feira, a vítima é conhecida por Rafael (FOTO).
Imagem 1 -  Rafael havia sido baleado Sábado, 20, recebeu os cuidados médicos e voltou para casa, onde terminou sendo executado no início da manhã desta segunda-feira, dia 22
Rafael havia sido baleado Sábado, 20, recebeu os cuidados médicos e voltou para casa, onde terminou sendo executado no início da manhã desta segunda-feira, dia 22

Com menos de 5 mil habitantes, o quadro de violência assusta em Rodolfo Fernandes, na região Oeste do Rio Grande do Norte. Os casos de violência começaram a aumentar em 2020, quando foram registradas três ocorrências de homicídios.

Antes mesmo de completar dois meses de 2021, já foram registrados número igual de ocorrências contra a vítima. A última vítima é conhecida por Rafael. Ele foi executado a tiros por volta das 4h30 da manhã desta segunda-feira, 22, dentro de casa.

Rafael havia sofrido uma tentativa de homicídio sábado, num bar. Inclusive, na ocasião, o dono do bar sofreu um tiro na perna. Rafael também foi atingido e levado para o hospital e voltou para casa depois de medicado. Na madrugada de hoje, os bandidos terminaram o “serviço”.

Em diálogo com moradores da cidade, o MOSSORO HOJE foi informado de que não se trata de guerra entre família. Na verdade, são bandidos faccionados que estão se mantando entre si para assumir o comando do tráfico de drogas numa região de divisa de estado.

Na cidade, existe um pedido de socorro ao Governo do Estado, para que possa agir em conjunto com o Governo do Ceará, para combater os bandidos ligados a traficantes de drogas dos dois estados que estariam se matando entre si antes de atingir inocentes.

EM MOSSORÓ

Na cidade de Mossoró, a polícia agiu rápido e conseguiu prender dois suspeitos de assaltos, um nas imediações da Cobal, de nome Cleiton Pereira Gomes, na tarde de sábado, dia 21, e outro no Centro da cidade, de nome Alexandre Silva, já na manhã desta segunda-feira, 22.

Os dois foram conduzidos para a Delegacia de Plantão e vão responder inquérito policial na Delegacia Especializada em Furtos e Roubos por crimes de assalto a mão armada.


Notas

Posto JP Fevereiro de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário