05 AGO 2021 | ATUALIZADO 08:29
POLÍCIA
18/06/2021 09:02
Atualizado
18/06/2021 09:02

MP cumpre mandados de prisão e apura crimes eleitorais em Parnamirim

A+   A-  
Ao todo, a operação Dízimo, deflagrada na manhã desta sexta-feira (18), cumpre mandados de prisão temporária e outros de busca e apreensão no município. O MP ainda não divulgou os nomes dos investigados, visto que a operação ainda está em curso e os mandatos ainda estão sendo cumpridos. Ao longo do dia, novas informações devem ser repassadas pelo MP.
Imagem 1 -
FOTO: DIVULGAÇÃO/MPRN

O Ministério Público Eleitoral deflagrou nesta sexta-feira (18) a operação Dízimo. O objetivo é investigar o cometimento de falsidade ideológica eleitoral, lavagem de dinheiro, peculato e associação criminosa na cidade de Parnamirim.

Ao todo, a operação Dízimo cumpre mandados de prisão temporária e outros de busca e apreensão no município.

O MP ainda não divulgou os nomes dos investigados, visto que a operação ainda está em curso e os mandatos ainda estão sendo cumpridos. Ao longo do dia, novas informações devem ser repassadas pelo MP.

A ação conta com a participação de 15 promotores de Justiça do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), 17 servidores do MPRN e 68 policiais militares.


Notas

Posto JP - Maio de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário