15 JUN 2024 | ATUALIZADO 22:35
SAÚDE
Da redação
22/03/2015 08:21
Atualizado
13/12/2018 03:16

Ambulantes do Centro de Mossoró criam associação

A+   A-  
Presidente da Câmara Jório Nogueira intermedia a retirada dos ambulantes das ruas do Centro com o Ministério Público, Justiça e Prefeitura
Imagem 1 -  Ambulantes do Centro de Mossoró criam associação

O vereador Jório Nogueira reuniu na tarde deste sábado, 21, no plenário da Câmara Municipal, os comerciantes ambulantes que ocupam as calçadas do centro de Mossoró, e que deverão ser removidos das calçadas, atendendo decisão judicial, até o dia 30 de abril.

Esta reunião foi marcada após um encontro do vereador com uma comissão de comerciantes, na última quarta-feira, para apresentar os resultados de uma reunião do vereador com o juiz Pedro Cordeiro e representantes dos ambulantes e da Prefeitura de Mossoró, quando solicitou um novo prazo para resolver a questão.

Parte dos comerciantes não aceita a solução apresentada pela Prefeitura de Mossoró para a remoção das calçadas e solicitam um novo espaço para serem recebidos, no entanto, o Executivo alega que é necessário mais tempo para atender o pleito dos vendedores.

Desta forma, a comissão de ambulantes solicitou ao vereador Jório Nogueira um espaço para discutir a questão e os possíveis encaminhamentos, e foi agenda a reunião na Câmara Municipal após o encerramento das atividades no centro.

Os vendedores ambulantes lotaram o plenário e das duas galerias da Casa. Durante a reunião deste sábado, o vereador Jório Nogueira apresentou o resultado da reunião com o juiz, que aguarda um pedido de prorrogação do prazo pelas partes envolvidas (Prefeitura de Mossoró e Ministério Público) para conceder ou não um novo prazo. 

Segundo Jório Nogueira, a Prefeitura de Mossoró irá formalizar o pedido na próxima semana. Ele afirmou ainda que já entrou em contato com o Ministério Público e uma reunião está agendada para o dia 30 para receber a comissão de ambulantes, junto com os vereadores “Acredito que com a formalização da associação, o Ministério Público e o juiz irão entender que vocês estão organizados e irão prorrogar esse prazo para que seja encontrada a melhor solução para todas as partes”, afirmou Jório.

Na oportunidade, foi composta uma comissão para dar início à Associação dos Comerciantes Ambulantes de Mossoró. Foram escolhidos para a diretoria da Associação, por aclamação, Franscivaldo Santos da Silva, Antonio Canuto Neto, Inalda Martins Veras, João Pedro da Silva, Jocifran Benigno de Moura, Edilson Gomes do Nascimento, Josivan Batista dos Santos, Nelson Salustre da Silva, Carmélia Dhezerê Bezerra, José Ricardo Sanches Firmino, Francisco Bezerra das Chagas.

A formação da associação dos camelôs é uma das exigências do Ministério Público para dar um novo prazo para que os vendedores desocupem as calçadas do Centro da cidade.

Na última terça-feira, Jório Nogueira esteve reunido com o juiz Pedro Cordeiro, representantes dos ambulantes e da Prefeitura de Mossoró, intermediando um pedido de novo prazo para que a remoção dos comerciantes fosse realizada.

Estiveram presentes também os vereadores Soldado Jadson e Tomaz Neto, que se dispôs, como advogado, a prestar assessoria jurídica à associação até que ela tenha condições de contratar uma assessoria própria.

O vereador Jório Nogueira também ofereceu, através de seu mandato, auxílio no que for necessário para a abertura da associação.

Na próxima sessão, o resultado da reunião será levado aos demais vereadores, e será escolhida uma comissão de parlamentares para acompanhar a questão.

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário