27 MAI 2022 | ATUALIZADO 23:55
MOSSORÓ
CEZAR ALVES
24/06/2021 14:52
Atualizado
24/06/2021 15:28

Finalmente os recursos destinados por Styvenson serão aplicados no HRTM

A+   A-  
A diretora geral do hospital, Herbênia Ferreira, recebeu o comunicado de que os recursos (cerca de R$ 12 milhões) estavam na conta do Fundo Estadual de Saúde na madrugada do dia 17 de junho e já iniciou o processo de compra de material e de contratação da empresa que vai fazer as reformas.
Imagem 1 -  Finalmente os recursos destinados por Styvenson serão aplicados no HRTM. A diretora geral do hospital, Herbênia Ferreira, recebeu o comunicado de que os recursos (cerca de R$ 12 milhões) estavam na conta do Fundo Estadual de Saúde na madrugada do dia 17 de junho e já iniciou o processo de compra de material e de contratação da empresa que vai fazer as reformas.
Finalmente os recursos destinados por Styvenson serão aplicados no HRTM. A diretora geral do hospital, Herbênia Ferreira, recebeu o comunicado de que os recursos (cerca de R$ 12 milhões) estavam na conta do Fundo Estadual de Saúde na madrugada do dia 17 de junho e já iniciou o processo de compra de material e de contratação da empresa que vai fazer as reformas.
FOTO: CEZAR ALVES

Na madrugada do dia 17 de junho de 2021, a diretora geral do Hospital Regional Tarcísio Maia, a assistente social Herbênia Ferreira, recebeu uma notícia, via WhatsApp, que, segundo ela, será motivo de alegria e alívio para todo o Oeste do Rio Grande do Norte.

Foi nesta data, que a diretora geral recebeu o comunicado de que a emenda destinada pelo senador Styvenson Valentim, do Podemos, havia sido, finalmente, disponibilizada para sua aplicação em benefício do Hospital Regional Tarcísio de Vasconcelos Maia, em Mossoró.

Ao todo, serão investidos em infraestrutura e compra de equipamentos quase 12 milhões de reais destinados em uma emenda parlamentar no final de outubro de 2019. Na ocasião, o senador disse que fez uma enquete em suas redes sociais e foi isto que foi pedido.

Veja mais:

Senador Styvenson destina R$ 16,5 milhões para o HRTM


Entretanto, não foi só destinar os recursos lá em Brasília e virar as costas. Styvenson Valentim chamou entidades como OAB, CREA, CREMERN, UFERSA e a imprensa para acompanhar a correta aplicação dos recursos no HRTM em benefício da população da região Oeste do RN.

Veja mais:

Styvenson pede a Ufersa para ajudar a aplicar os R$ 16 milhões no HRTM


Dois meses após, já em janeiro/fevereiro de 2020, começou a pandemia causada pelo novo coronavírus, sendo necessário haver remanejamentos imediatos de recursos para dotar os hospitais de estrutura adequada para cuidar dos pacientes infectados.

Uma fatia de mais ou menos R$ 4,5 milhões foi remanejada para investimentos imediatos para cuidar dos pacientes com covid19 no Rio Grande do Norte. O restante dos recursos ficou para investimento na estrutura e compra de equipamentos para o HRTM.

Há poucas semanas, o MOSSORÓ HOJE recebeu uma série de cobranças por estes recursos destinados pelo Senador Styvenson para o HRTM, mostrando a extrema necessidade na compra de equipamentos e principalmente na adaptação da estrutura atual.

Em contato com o senador, o MH recebeu a informação de que faltavam projetos para a liberação dos recursos em benefício do HRTM, ou seja, da População da região Oeste do Rio Grande do Norte. O Governo do Estado informou que estava agilizando.

Somente na madrugada do dia 17 de junho de 2021 Herbênia Ferreira recebeu a informação de que os recursos estavam no Fundo Estadual de Saúde para serem aplicados na estruturação do HRTM.

“Foi uma grande felicidade. Só Deus sabe o sufoco que os servidores do HRTM trabalham para atender a população”, diz a diretora geral Herbênia Ferreira, lembrando que na manhã do dia seguinte já iniciou os processos de compra dos equipamentos para o hospital.

O secretário Estadual de Infraestrutura, engenheiro Gustavo Rosado Coelho, já anunciou o início do processo público para contratar a empresa que vai fazer as reformas estruturais no prédio onde atualmente funciona o Hospital Regional Tarcísio Maia.


COMO SERÃO APLICADOS OS RECURSOS

R$ 4.974.686,00 serão investidos em equipamentos

02 máquinas para fazer hemodiálise.

76 camas hospitalar fouler

02 Autoclaves para esterilização

20 aparelhos de ar condicionado

05 mesas de exames

03 exaustores industriais

10 mesas hospitalares auxiliares

07 Eletrocardiogramas

18 camas de urgências

80 suporte de soro

10 oxímetros de pulsos

01 foco cirúrgico

15 biombos

05 Serra de Gesso

10 biombos plumbíferos

04 geladeiras

01 Arco cirúrgico

03 aparelhos de ultrassonografia

01 aparelho de endoscopia

Material cirúrgico


RECURSOS DESTINADOS PARA REFORMAS

R$ 4.053.350,00 reforma de toda a área do Pronto Socorro

R$ 958.800,00 reforma da Pediatria

R$ 1.635.000 para reformar o cirúrgico, esterilização e lavanderia

O valor total que será investido somente dos recursos destinados por Styvenson: R$ 11.620.686,00

A diretora Herbenia Ferreira, disse que, como os procedimentos de compra e contratação já estão em andamento, calcula que nos próximos 3 meses já começam a chegar os equipamentos e certamente em seguida serão iniciadas as intervenções no prédio.

Perguntado para comentar o assunto, o senador Styvenson Valentim disse que uma vez aplicados os recursos e prestado contas, serão destinados mais recursos em suas emendas para estruturar ainda mais o único hospital de trauma, emergência e urgência do Oeste do RN.


APOIO

A diretora geral Herbênia Ferreira aproveitou o contato com MOSSORÓ HOJE para agradecer o trabalho feito pelos professores e estudantes da UFERSA, produzindo uma planta do Hospital Regional Tarcísio Maia.

Eles fizeram um trabalho belíssimo, em três dimensões, que segundo ela, vai facilitar e muito a produção dos projetos de mudanças físicas na unidade.


INFORMATIZAÇÃO

Também no dia 17 de junho de 2021, foram depositados no Fundo Estadual de Saúde o valor de R$ 331.820,00 para informatizar o Hospital Regional Tarcísio Maia. Neste caso, trata-se de uma emenda parlamentar da deputada federal Natália Bonavides.


INSUMOS

Para insumos, a diretora geral disse que foram usados recursos, na ordem de 800 mil, destinados pelo senador Jean Paul Prates. Partes destes recursos já foram aplicados para socorrer as vítimas da pandemia causada pelo novo coronavirus.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário