19 OUT 2021 | ATUALIZADO 18:25
SAÚDE
ANNA PAULA BRITO
05/07/2021 09:07
Atualizado
05/07/2021 09:31

Ministério da Saúde amplia vacinação contra a influenza para o público geral

A+   A-  
A decisão foi tomada no sábado (3), devido a baixa adesão dos grupos prioritários. Em Mossoró, a Secretaria de Saúde informou que a vacina contra a influenza está liberada para todos os públicos a partir desta segunda-feira, 05. A população deve procurar uma das 46 Unidades Básicas de Saúde do município e garantir a imunização. Todas as UBS’s estão funcionando das 7h às 11h e das 13h às 17h.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

O Ministério da Saúde ampliou a campanha de vacinação contra a gripe. Agora, a vacina está liberada para aplicação em toda a população brasileira acima dos seis meses de idade.

O anúncio foi feito no sábado (03). Estados e municípios já foram avisados da decisão. A partir de agora, as secretarias de saúde podem decidir qual a melhor forma de ampliar a imunização em cada município.

"Campanhas de imunização são prioridade do Ministério da Saúde e resolvemos ampliar a vacinação contra a Influenza para todos os grupos. O nosso objetivo é reduzir os casos graves de gripe que também pressionam o nosso sistema de saúde", afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga

Em Mossoró, a Secretaria de Saúde informou que a vacina contra influenza está liberada para todos os públicos a partir desta segunda-feira, 05.

A população deve procurar uma das 46 Unidades Básicas de Saúde do município e garantir a imunização. Todas as UBS’s estão funcionando das 7h às 11h e das 13h às 17h.

A vacina trivalente protege contra o H1N1, H3N2, dois tipos de Influenza A e Influenza B Sazonal. O chefe de imunização de Mossoró, Etevaldo Lima, lembra que é fundamental que as pessoas procurem uma UBS para se proteger contra essas doenças.

“É de fundamental importância receber essa vacina para estar se protegendo, reduzir os riscos de complicações pela influenza, reduzir os riscos de infecções hospitalares, principalmente diante do cenário que estamos vivendo com a pandemia da Covid-19”, diz.

De acordo com dados da secretaria de saúde do município, até a tarde da sexta-feira (2), apenas 40.706 pessoas foram vacinadas, ou seja, 36% do público-alvo. Dentro das prioridades, segundo a plataforma RN Mais Vacina, no município há ao todo, 110.820 pessoas convocadas para a vacinação.

A baixa adesão dos grupos prioritários foi fator primordial para a decisão do MS de ampliar a vacinação para a população geral.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário