05 AGO 2021 | ATUALIZADO 06:39
POLÍCIA
ANNA PAULA BRITO, COM INFORMAÇÕES DE CEZAR ALVES
20/07/2021 10:22
Atualizado
20/07/2021 14:32

Pneus se soltam de caçamba em movimento e matam vigilante na BR 110

A+   A-  
O caso aconteceu próximo ao condomínio Ninho, em Mossoró. O vigilante Edson Deleon Pereira Santos, de 32 anos, seguia para o Alto das Brisa, onde reside. Um caminhão tipo caçamba seguia no sentido contrário quando pneus se soltaram e atingiram a vítima. Uma unidade do Samu esteve no local, mas constatou que houve morte instantânea.
Imagem 1 -
FOTO: CEZAR ALVES

Um acidente quase que improvável tirou a vida do vigilante Edson Deleon Pereira Santos, de 32 anos, residente no Alto das Brisas, na manhã desta terça-feira (20), em Mossoró-RN.

A vítima trafegava em uma motocicleta na BR 110, saída de Mossoró na direção de Areia Branca-RN, quando foi atingida por dois pneus que se soltaram de um caminhão tipo caçamba, que transportava sal.

Edson Deleon seguia pilotando sua moto pela rodovia federal para o Alto das Brisa, onde reside e foi atingido em frente ao Residencial Ninho. Já o caminhão trafegava no sentido contrário, das salinas com destino as refinarias em Mossoró.

Uma unidade do Samu ainda chegou a ser acionada ao local, mas não havia mais o que fazer. Constatou que morte instantânea, devido a violência do impacto dos pneus na motocicleta. A vítima havia saído de casa para comprar pão num supermercado. Estava retornando quando aconteceu o acidente que lhe tirou a vida.

O motorista abandonou o caminhão há poucos metros do local do impacto e fugiu,  sem prestar socorro à vítima. No local, é possível verificar que a roda do caminhão estava bastante desgastada e os parafusos corroídos.

A Polícia Rodoviária Federal, que demorou cerca de uma hora para chegar ao local, fez a perícia do acidente junto com o Instituto Técnico-Científico de Perícia e também do delegado Denis Carvalho da Ponte, da 1a DP, de Mossoró.

O ITEP fez a remoção do corpo para exames na sede do órgão. Os familiares foram orientados a procurar a 1 DP, no Grande Alto São Manoel, assim como os representantes da empresa proprietária do caminhão que os pneus se soltaram.

Logo após o acidente, apareceu veículo da Jeep, com 3 pessoas no local. Eles acompanharam o trabalho pericial e passaram informações da Polícia Civil, da Polícia Rodoviária Federal e também aos peritos do ITEP. Eles estavam comentando no local que o caminhão havia passado por revisão no dia anterior, tendo sido gasto R$ 14 mil no serviço.

Notas

Posto JP - Maio de 2021

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário