22 OUT 2020 | ATUALIZADO 18:53
SAÚDE
Da redação
21/10/2015 16:13
Atualizado
13/12/2018 11:45

UERN quer retornar às aulas na próxima segunda-feira, 26

A+   A-  
Desembargador Cornélio Alves, decidiu nesta quarta (21), pela ilegalidade da greve, determinando a suspensão da paralisação, e volta imediata das aulas.
Imagem 1 -  UERN quer retornar às aulas na próxima segunda-feira, 26
Valéria Lima

Com a decisão do desembargador Cornélio Alves pela ilegalidade da greve dos professores, a gestão da UERN está tomando providências para o retorno às aulas, com a maior brevidade. A gestão da UERN tem a expectativa que as aulas retornem na próxima segunda-feira, dia 26.

A Pró-reitoria de Ensino de Graduação elaborou algumas projeções do calendário acadêmico 2015 que serão apresentadas para a apreciação do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE), extraordinariamente.

Os técnicos administrativos voltaram ao trabalho, hoje, 21. Eles decidiram o fim da greve em assembleia da categoria ontem, com aprovação da proposta do governo de auxílio transporte, correspondente aos 12.035%.

O governo assegurou concurso público para preenchimento de vagas provenientes de aposentadoria e falecimento, em fevereiro de 2016 e liberação de recursos para conclusão de obras em andamento na UERN.

 


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário