30 NOV 2021 | ATUALIZADO 18:05
ESTADO
24/11/2021 16:33
Atualizado
24/11/2021 16:34

Helicóptero Potiguar 1 retorna de manutenção e participa de treinamento inédito no país

A+   A-  
A aeronave passou por um período de manutenção preventiva em Fortaleza, no Ceará. Nesta quarta-feira (24), juntamente com o Defesa 1 (PE), da Segurança Pública e da Defesa Social de Pernambuco, os grupamentos de operações aéreas da polícia militar dos dois estados participaram de um treinamento conjunto, onde foram realizadas manobras demonstrativas, com o intuito de trocar experiências e conhecimento em operações de segurança pública.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Em uma capacitação inédita no país, os grupamentos de operações aéreas das Secretarias de Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte e de Pernambuco realizaram um treinamento conjunto com os helicópteros Potiguar 1 (RN) e Defesa 1 (PE).

Após manobras demonstrativas, as aeronaves pousaram no campo de futebol do Centro Administrativo do Governo do Estado, em Natal. O treinamento aconteceu no final da manhã desta quarta-feira (24).

A ação conjunta marcou o retorno do Potiguar 1, que passou por um período de manutenção preventiva em Fortaleza, no Ceará.

Com o intuito de trocar experiências e conhecimento em operações de segurança pública, a equipe de Pernambuco concluiu hoje um período de três dias na capital potiguar, onde foram realizados treinamentos e capacitações de forma conjunta com o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOPAER) da SESED-RN.

O secretário titular da Secretaria da Segurança Pública do RN, coronel Araújo Silva, ressaltou a importância da integração entre as equipes de diferentes estados durante o período de prática aqui no estado.

“Este foi um treinamento inédito no país que visou fortalecer as duas equipes que atuam nas operações aéreas para trabalhar da melhor forma possível nas ações de segurança, operações especiais e apoio aéreo em ações que ocorrem no terreno”, disse o secretário.

“A troca de experiências entre tripulações é fundamental, pois cada grupamento aéreo tem a sua forma de trabalhar e de agir em determinadas situações. Novos conhecimentos são fundamentais para incrementar ainda mais a nossa capacidade no atendimento de ocorrências”, afirmou o major William Danilo, piloto do helicóptero Potiguar 1.

Comandante da aeronave de Pernambuco, o coronel Câmara Júnior ressaltou que a boa relação entre as instituições de segurança dos estados é fundamental para a realização deste tipo de treinamento

 “A parceria entre os estados vem de muito tempo e possibilita que uma capacitação como essa, onde as equipes trabalham de forma integrada, é fundamental para o aperfeiçoamento das técnicas de operações aéreas”.


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário