23 JUL 2024 | ATUALIZADO 18:32
POLÍTICA
Da redação
25/03/2015 15:08
Atualizado
13/12/2018 00:03

Presidenta Dilma recebe apoio dos governadores do Nordeste

A+   A-  
Na pauta, projetos em comum para a região. Com o objetivo de garantir os investimentos necessários para o desenvolvimento da região
Imagem 1 -  Presidenta Dilma recebe apoio dos governadores do Nordeste
Roberto Stuckert Filho/PR

Na tarde dessa quarta-feira, 25, a presidenta Dilma encontra-se com todos os governadores da Região Nordeste. Com o objetivo de garantir os investimentos necessários para o desenvolvimento da região.

Na pauta, projetos em comum para a região. Entre os pontos principais da reunião com a presidenta Dilma Rousseff está a queda no repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e a garantia do Planalto Federal em dar continuidade nas obras estruturantes do PAC, a defesa dos investimentos para a convivência com a seca e convênios para a segurança pública.

Em coletiva de imprensa após a reunião no Palácio do Planalto entre a presidenta Dilma Rousseff e os nove governadores do Nordeste, o governador da Bahia, Rui Costa, afirmou que a mudança no indexador das dívidas dos Estados e municípios não é um item relevante para o nordeste brasileiro. Segundo ele, o impacto é basicamente nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo.

“O perfil e o período de contratação das dívidas dos estados do Nordeste não tem rebatimento e acolhimento com esse projeto que está no Congresso Nacional”, afirmou Rui Costa. “Para nós, é muito mais relevante discutir uma nova fonte de empréstimos e abertura de crédito para os estados, além de ver a aprovação no Senado da questão do comércio eletrônico”, concluiu.

A abertura de crédito foi um dos assuntos discutidos durante a reunião, na qual os governadores apresentaram cinco pontos para apreciação da presidenta. Além de novos financiamentos, foram discutidos a continuidade dos investimentos federais em andamento na região, o apoio à rede pública de saúde, a inclusão do Nordeste como laboratório para o Sistema Único de Segurança Pública e o combate à estiagem.

O ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, também esteve na reunião e disse que a presidenta se comprometeu a aprofundar a discussão sobre esses cinco pontos. “São pontos que ajudam a fortalecer o pacto federativo e que precisam ser refletidos. Alguns nós não podíamos responder, a não ser aprofundando a discussão dentro do governo, e encaminhando também as demandas específicas dessa agenda em cada governo”.

Também participaram da reunião o vice-presidente, Michel Temer, e os ministros da Fazenda, do Planejamento e da Previdência Social. Os governadores também entregaram uma carta à presidenta expressando o compromisso da região com o estado democrático de direito.


Apoio ao ajuste fiscal
Os nove governadores presentes no encontro aproveitaram para demonstrar apoio aos ajustes fiscais propostos pelo governo federal.

“É como se nós estivéssemos em um período de chuva e avistássemos longe a possibilidade de sol e um tempo melhor. Então nós vamos trabalhar para passar o mais rapidamente possível. E para isso é necessário o ajuste fiscal, que terá o apoio dos governadores do Nordeste”, declarou o governador da Bahia, Rui Costa.

Para o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, é preciso ter um diálogo dos governadores com os parlamentares de suas bancadas para esclarecer possíveis questões sobre os ajustes fiscais. “Vem uma proposta e tem que ser analisada, e a partir dessa análise, com seriedade necessária, oferecer o melhor para o País. O Brasil precisa de equilíbrio”, salienta Coutinho.

Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário