28 MAI 2024 | ATUALIZADO 10:51
POLÍCIA
COM INFORMAÇÕES DO DIÁRIO DO NORDESTE
11/04/2024 17:02
Atualizado
11/04/2024 21:25

FICCO cumpre novos mandados de prisão contra suspeitos de ajudarem em fuga de presídio de Mossoró

A+   A-  
João Victor Xavier da Cunha, conhecido pela facção carioca com a alcunha de 'Qualidade', foi colocado em liberdade nesta quarta-feira (10), por decisão da 8ª Vara da Justiça Federal em Mossoró. Nesta quinta-feira (11), ele voltou ao cárcere. Já Nícolas Rodrigues Alves, conhecido como 'Homem de Pedra' ou 'Deputado', não chegou nem a ter o alvará de soltura cumprido. Ele ainda estava encarcerado na Unidade Prisional Elias Alves da Silva (UP-Itaitinga4), quando o novo mandado de prisão foi cumprido. Um terceiro mandado de prisão também foi cumprido pela Ficco em Mossoró, na Operação Controle de Qualidade, além de três mandados de busca e apreensão.
Imagem 1 -  FICCO cumpre novos mandados de prisão contra suspeitos de ajudarem em fuga de presídio de Mossoró. João Victor Xavier da Cunha, conhecido pela facção carioca com a alcunha de 'Qualidade', foi colocado em liberdade nesta quarta-feira (10), por decisão da 8ª Vara da Justiça Federal em Mossoró. Nesta quinta-feira (11), ele voltou ao cárcere. Já Nícolas Rodrigues Alves, conhecido como 'Homem de Pedra' ou 'Deputado', não chegou nem a ter o alvará de soltura cumprido. Ele  ainda estava encarcerado na Unidade Prisional Elias Alves da Silva (UP-Itaitinga4), quando o novo mandado de prisão foi cumprido. Um terceiro mandado de prisão também foi cumprido pela Ficco em Mossoró, na Operação Controle de Qualidade, além de três mandados de busca e apreensão.
FICCO cumpre novos mandados de prisão contra suspeitos de ajudarem em fuga de presídio de Mossoró. João Victor Xavier da Cunha, conhecido pela facção carioca com a alcunha de 'Qualidade', foi colocado em liberdade nesta quarta-feira (10), por decisão da 8ª Vara da Justiça Federal em Mossoró. Nesta quinta-feira (11), ele voltou ao cárcere. Já Nícolas Rodrigues Alves, conhecido como 'Homem de Pedra' ou 'Deputado', não chegou nem a ter o alvará de soltura cumprido. Ele ainda estava encarcerado na Unidade Prisional Elias Alves da Silva (UP-Itaitinga4), quando o novo mandado de prisão foi cumprido. Um terceiro mandado de prisão também foi cumprido pela Ficco em Mossoró, na Operação Controle de Qualidade, além de três mandados de busca e apreensão.

Em um intervalo de aproximadamente 24 horas, dois homens presos no Ceará por ajudarem os fugitivos do Presídio Federal de Mossoró (no Rio Grande do Norte) foram soltos pela Justiça Federal, mas a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado no Ceará (Ficco) cumpriu novos mandados de prisão contra a dupla, desta feita expedido pela Justiça Estadual. Os dois também responde por tráfico de drogas.

Um dos suspeitos chegou a ser colocado em liberdade, mas voltou ao cárcere, nesta quinta-feira (11). Os fugitivos de Mossoró foram recapturados há uma semana, no Estado do Pará.

João Victor Xavier da Cunha, conhecido pela facção carioca com a alcunha de 'Qualidade', foi colocado em liberdade na última quarta-feira (10), por decisão da 8ª Vara da Justiça Federal em Mossoró.

VEJA MAIS: JFRN determina soltura de 5 suspeitos de colaborarem na fuga de Tatu e Martelo

Entretanto, a Ficco, com o apoio de policiais militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e do Comando Tático Motorizado (Cotam), cumpriu um novo mandado de prisão contra o suspeito, expedido pela Justiça Estadual do Ceará, por tráfico de drogas e associação para o tráfico, nesta quinta (11). Ele foi recapturado no Município de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Já Nícolas Rodrigues Alves, conhecido como 'Homem de Pedra' ou 'Deputado', não chegou nem a ter o alvará de soltura cumprido. O suspeito ainda estava encarcerado na Unidade Prisional Elias Alves da Silva (UP-Itaitinga4), nesta quinta (11), quando o novo mandado de prisão foi cumprido.

Um terceiro mandado de prisão também foi cumprido pela Ficco em Mossoró, na Operação Controle de Qualidade, deflagrada nesta quinta-feira (11), além de três mandados de busca e apreensão.

'Qualidade' havia sido preso pela Ficco em uma pousada na Praia do Futuro, em Fortaleza, no dia 1º de abril último, por decisão da 8ª Vara Federal de Mossoró. Enquanto 'Deputado' foi detido no dia 8 de março deste ano, também em Fortaleza.

Conforme as investigações policiais, a dupla movimentou uma rede de apoio dentro da facção carioca para tirar Deibson Cabral Nascimento, conhecido como 'Tatu', e Rogério da Silva Mendonça, o 'Martelo', da região de Mossoró. A dupla esteve no Ceará e fugiu de barco para o Pará.

'Deputado' é apontado como um chefe da facção carioca, enquanto 'Qualidade' era o seu "braço direito". Os dois suspeitos e o terceiro alvo da Operação são naturais do Rio Grande do Norte, apesar de atuarem no Ceará.

Os mandados de prisão foram expedidos pela Justiça Federal no Ceará em uma investigação de tráfico de drogas, oriunda da apreensão de 24 kg de maconha, uma pistola e 41 munições 9mm, ocorrida em Aquiraz, no dia 21 de fevereiro deste ano. Na ocasião, a Ficco cumpria outro mandado de busca e apreensão relacionado à apuração da fuga do Presídio Federal de Mossoró.

A Ficco é composta por Polícia Federal (PF), Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), Polícia Militar do Ceará (PMCE), Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria Nacional de Políticas Penais (SENAPPEN), Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado do Ceará (SAP).


Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário