25 JUL 2024 | ATUALIZADO 18:39
POLÍCIA
ANNA PAULA BRITO
19/06/2024 12:22
Atualizado
19/06/2024 12:22

PRF já registrou 47 ocorrências de natureza criminal desde o início do MCJ

A+   A-  
Ao todo, de acordo com Rodrigo Fernandes, chefe da Delegacia da PRF em Mossoró, foram 9 prisões pelo crime de embriaguez ao volante, uma arma de fogo com 31 munições apreendidas, além da confecção de vários Termos Circunstanciados de Ocorrência por outras infrações. Além das prisões, a PRF ainda autuou outros 76 condutores por dirigirem seus veículos sob efeitos de álcool, que irão responder a sanções administrativas. Rodrigo ainda citou duas situações que se destacaram, sendo uma em Mossoró e outra em Assú, cujos festejos juninos começaram na semana passada, onde os condutores precisaram ser retirados dos veículos pelos agentes, por estarem completamente sem condições de, sequer, descerem em virtude da embriaguez.
Imagem 1 -  PRF já registrou 47 ocorrências de natureza criminal desde o início do MCJ. Ao todo, de acordo com Rodrigo Fernandes, chefe da Delegacia da PRF em Mossoró, foram 9 prisões pelo crime de embriaguez ao volante, uma arma de fogo com 31 munições apreendidas, além da confecção de vários Termos Circunstanciados de Ocorrência por outras infrações. Além das prisões, a PRF ainda autuou outros 76 condutores por dirigirem seus veículos sob efeitos de álcool, que irão responder a sanções administrativas. Rodrigo ainda citou duas situações que se destacaram, sendo uma em Mossoró e outra em Assú, cujos festejos juninos começaram na semana passada, onde os condutores precisaram ser retirados dos veículos pelos agentes, por estarem completamente sem condições de, sequer, descerem em virtude da embriaguez.
PRF já registrou 47 ocorrências de natureza criminal desde o início do MCJ. Ao todo, de acordo com Rodrigo Fernandes, chefe da Delegacia da PRF em Mossoró, foram 9 prisões pelo crime de embriaguez ao volante, uma arma de fogo com 31 munições apreendidas, além da confecção de vários Termos Circunstanciados de Ocorrência por outras infrações. Além das prisões, a PRF ainda autuou outros 76 condutores por dirigirem seus veículos sob efeitos de álcool, que irão responder a sanções administrativas. Rodrigo ainda citou duas situações que se destacaram, sendo uma em Mossoró e outra em Assú, cujos festejos juninos começaram na semana passada, onde os condutores precisaram ser retirados dos veículos pelos agentes, por estarem completamente sem condições de, sequer, descerem em virtude da embriaguez.

A Polícia Rodoviária Federal já registrou um total de 47 ocorrências de natureza criminal desde o início do Mossoró Cidade Junina, em 1º de junho. A informação é do chefe da Delegacia da PRF em Mossoró, Rodrigo Fernandes.

Segundo ele, entre os crimes registrados estão embriaguez ao volante, além da apreensão de uma arma de fogo com 31 munições. Pelo primeiro crime, 9 pessoas foram presas.

Além disso, a PRF também confeccionou diversos Termos Circunstanciados de Ocorrência por infrações infrações. O destaque, neste caso, fica com 76 condutores autuados por dirigirem seus veículos sob efeitos de álcool e se recusarem a realizar o teste de alcoolemia. Estes irão responder a sanções administrativas.

Rodrigo afirmou que estas ocorrências foram registradas na região de Mossoró, mas que a PRF também já registrou infrações na região de Assú, cujos festejos tiveram início na semana passada.

Juntando as duas cidades, ele citou duas situações que se destacaram, sendo uma em Mossoró e outra em Assú, onde os condutores precisaram ser retirados dos veículos pelos agentes, por estarem completamente sem condições de, sequer, descerem em virtude da embriaguez.

O PRF ainda reforça que este tipo de atitude pode resultar em um acidente grave, colocando em risco não apenas a vida do condutor que está embriagado, mas de outras pessoas inocentes que, por acaso, possam cruzar com ele nas rodovias.


Notas

Relativa

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário