29 OUT 2020 | ATUALIZADO 00:19
SAÚDE
Da redação
17/04/2015 15:25
Atualizado
13/12/2018 07:57

Forças de segurança intensificam operação na zona rural de Mossoró

A+   A-  
Cerca de 100 homens e várias viaturas foram mobilizados para atuar durante essa nova etapa da operação Integração

A Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal intensificaram, na tarde desta sexta-feira (17), a Operação Integração para a região da Maísa e Pau Branco, na zona rural de Mossoró, Policiais das BICs, 2º DPRE, GTO, Força Tática, Grupamento Ambiental, e Ronda Ostensiva Municipal estavam na comunidade, por volta das 17h, auxiliando na ação.

Antes do início da operação, o prefeito Francisco José Júnior, acompanhado do comandante do 2º BPM, Major Humberto; do secretário de Segurança Pública, Alvibá Gomes; do comandante da Guarda Municipal, Jailson Nogueira e demais autoridades políticas, se reuniram na Praça Rodolfo Fernandes, no Centro, para repassar informações sobre a atuação das forças de segurança durante a nova etapa da operação.

Cerca de 100 homens foram mobilizados e várias viaturas se deslocaram até a comunidade da Maísa, às margens da BR-304, onde foram realizadas abordagens a veículos suspeitos e transeunte em atitudes suspeitas.

Durante entrevista à imprensa, o chefe do executivo enalteceu a ação da polícia e guarda, e informou que após a intensificação das operações na cidade, houve uma redução 25% nos índices de violência no mês de março.

“Através da parceria com o comando da PM, Secretaria Municipal de Segurança e Governo do Estado, as operações estão apresentando bons resultados no combate a violência. Por conta disso, iremos ampliar também para as comunidades rurais”, disse o prefeito.

Francisco José Júnior também anunciou que irá cobrar da secretária de Segurança Pública do Estado, Fernanda Kalini, mais efetivo de homens da Polícia Militar para atuar na região. Atualmente, a comunidade da Maísa conta com apenas dois militares realizando o patrulhamento.

Uma das propostas apresentadas pelo prefeito ao comandante do 2º BPM, Major Humberto, seria copiar o modelo de parceria entre Município e Estado da atuação das Bases Integradas Cidadã (BICs), com o pagamento de diárias operacionais aos policiais.

Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário