17 FEV 2020 | ATUALIZADO 11:01
MOSSORÓ

Aeroporto deve retomar voos comerciais até dezembro, anuncia o governador

Governador reforçou que licitação para reforma do terminal de passageiros está em andamento e que obras emergenciais já foram concluídas, possibilitando assim a liberação do aeroporto pela ANAC
Maricelio Almeida
24/06/2016 17:29
Atualizado
14/12/2018 01:55
A+   A-  
Imagem 1 -  Aeroporto deve retomar voos comerciais até dezembro, anuncia o governador
Cezar Alves

O Aeroporto Dix-sept Rosado, em Mossoró, deve receber voos comerciais até dezembro desse ano. A previsão foi anunciada pelo governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, por meio de suas redes sociais.

O chefe do Poder Executivo estadual também reforçou que em breve o aeroporto voltará a operar voos domésticos, uma vez que as deficiências apontadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), que levaram a interdição total da estrutura, já foram corrigidas.

LEIA MAIS:

Adequações no Aeroporto de Mossoró são concluídas; DER aguarda liberação

Obras emergenciais são iniciadas no Aeroporto Dix-sept Rosado, em Mossoró

Reativação do Aeroporto Dix-sept Rosado é discutida em Audiência Pública

“O Aeroporto de Mossoró está prestes a voltar a operar voos domésticos, graças ao trabalho realizado pelo Governo do Estado, por meio do DER, que deixou a área operacional no padrão exigido pela Anac”, destacou Robinson.

Agora, o aeroporto também conta com segurança 24h e terá seu terminal de passageiros reformado em breve, garantiu Robinson. “Nosso governo abraçou como prioridade a recuperação do aeroporto e nos últimos meses trabalhou duro para reintegrar a área patrimonial que estava invadida, isolar a área operacional da pista, treinar os bombeiros para atuarem no local e contratar servidores para a administração do terminal”, afirmou.

“Em breve, daremos início à reforma do terminal, que está em fase de licitação. Estou certo que teremos logo a autorização para recolocar Mossoró na rota da aviação nacional, com a previsão de receber voos comerciais até dezembro. O trabalho continua!”, concluiu o governador.

Notas

KELLY

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário