23 FEV 2024 | ATUALIZADO 00:32

SAÚDE

  Ministério da Saúde, Butantan e Fiocruz debatem produção de vacinas contra a dengue. O encontro entre a ministra Nísia Trindade, o diretor do Instituto Butantan, Esper Kallás, e o presidente da Fiocruz, Mario Moreira, aconteceu no sábado (3). O objetivo do Ministério é unir e coordenar esforços para ampliar o acesso de toda população às vacinas Qdenga, produzida pelo laboratório japonês Takeda, e Butantan-DV, que está em desenvolvimento pelo Instituto Butantan. As duas instituições manifestaram interesse em atuar em conjunto para acelerar a produção de vacinas no Brasil.
Ministério da Saúde, Butantan e Fiocruz debatem produção de vacinas contra a dengue

05/02/2024 10:22

O encontro entre a ministra Nísia Trindade, o diretor do Instituto Butantan, Esper Kallás, e o presidente da Fiocruz, Mario Moreira, aconteceu no sábado (3). O objetivo do Ministério é unir e coordenar esforços para ampliar o acesso de toda população às vacinas Qdenga, produzida pelo laboratório japonês Takeda, e Butantan-DV, que está em desenvolvimento pelo Instituto Butantan. As duas instituições manifestaram interesse em atuar em conjunto para acelerar a produção de vacinas no Brasil.

  Para a senadora, o correto é o cidadão ter acesso a meios para não ficar doente e isto só é possível investindo em saúde preventiva, exatamente o que o prefeito Allyson Bezerra está fazendo, construindo Unidades de Saúde Básica no Rincão, Hipólito e Nova Mossoró. Também em saúde mental, construindo Unidades de Caps no Abolição II e no bairro Nova Betânia. Zenaide Maia, que é médica, e o prefeito Allyson, em contato com a imprensa, destacaram a importância destes investimentos para evitar que a população fique doente.
Zenaide Maia elogia Allyson Bezerra por investir em saúde primária

02/02/2024 00:34

Para a senadora, o correto é o cidadão ter acesso a meios para não ficar doente e isto só é possível investindo em saúde preventiva, exatamente o que o prefeito Allyson Bezerra está fazendo, construindo Unidades de Saúde Básica no Rincão, Hipólito e Nova Mossoró. Também em saúde mental, construindo Unidades de Caps no Abolição II e no bairro Nova Betânia. Zenaide Maia, que é médica, e o prefeito Allyson, em contato com a imprensa, destacaram a importância destes investimentos para evitar que a população fique doente.

  Hospital da Mulher de Mossoró inaugura centro de estudos e auditório. O novo espaço, inaugurado nesta quarta-feira (17), vai servir para aprofundar o papel do hospital, que completou 1 ano em dezembro de 2023, como campo de ensino para o Oeste Potiguar. No momento, o hospital funciona com mais de 25 serviços, tendo feito mais de sete mil atendimentos nos primeiros 12 meses. Durante o período foi possível oferecer novos procedimentos e atenção especializada, zerar filas de exames, entre outros avanços.
Hospital da Mulher de Mossoró inaugura centro de estudos e auditório

17/01/2024 18:27

O novo espaço, inaugurado nesta quarta-feira (17), vai servir para aprofundar o papel do hospital, que completou 1 ano em dezembro de 2023, como campo de ensino para o Oeste Potiguar. No momento, o hospital funciona com mais de 25 serviços, tendo feito mais de sete mil atendimentos nos primeiros 12 meses. Durante o período foi possível oferecer novos procedimentos e atenção especializada, zerar filas de exames, entre outros avanços.

  117 mil adulto foram diagnosticadas com depressão em 2023, em Natal. A capital do RN e Fortaleza, no Ceará, foram as que registraram o maior percentual de diagnóstico da doença, entre as capitais do Nordeste, com 13,2%. Os dados vêm da pesquisa Vigitel 2023, do Ministério da Saúde, e apontam para um aumento nos casos. Em 2021, último ano em que o relatório havia sido divulgado, a capital potiguar apresentava um percentual de 11,8% de adultos com depressão, constatando-se um crescimento de 1,4% de diagnósticos em dois anos.
117 mil adulto foram diagnosticadas com depressão em 2023, em Natal

12/01/2024 11:20

A capital do RN e Fortaleza, no Ceará, foram as que registraram o maior percentual de diagnóstico da doença, entre as capitais do Nordeste, com 13,2%. Os dados vêm da pesquisa Vigitel 2023, do Ministério da Saúde, e apontam para um aumento nos casos. Em 2021, último ano em que o relatório havia sido divulgado, a capital potiguar apresentava um percentual de 11,8% de adultos com depressão, constatando-se um crescimento de 1,4% de diagnósticos em dois anos.

  Ministério da Saúde disponibilizou R$ 20 milhões para cirurgias eletivas no RN em 2024. A verba é destinada a dar continuidade ao Programa Nacional de Redução das Filas de Cirurgias Eletivas, Exames Complementares e Consultas Especializadas (PNRF). Entre março e outubro de 2023, o estado realizou 4.450 procedimentos por meio do programa. Para além do PNRF, o RN também apresentou expansão de 14% no total de cirurgias eletivas realizadas entre março e outubro de 2023, na comparação com o mesmo período de 2022.
Ministério da Saúde disponibilizou R$ 20 milhões para cirurgias eletivas no RN em 2024

11/01/2024 17:08

A verba é destinada a dar continuidade ao Programa Nacional de Redução das Filas de Cirurgias Eletivas, Exames Complementares e Consultas Especializadas (PNRF). Entre março e outubro de 2023, o estado realizou 4.450 procedimentos por meio do programa. Para além do PNRF, o RN também apresentou expansão de 14% no total de cirurgias eletivas realizadas entre março e outubro de 2023, na comparação com o mesmo período de 2022.


Notas

Tekton

Publicidades