22 MAI 2022 | ATUALIZADO 08:21
NACIONAL
DA AGENCIA BRASIL
06/02/2019 09:08
Atualizado
06/02/2019 09:12

Brumadinho: Número de mortos chega a 142 e ainda existem 194 desaparecidos

A+   A-  
O último balanço da Defesa Civil de Minas Gerais aponta 142 mortos na tragédia, sendo que 122 já foram identificados. Três pessoas permanecem hospitalizadas e 194 ainda não foram localizadas – entre funcionários da Vale, terceirizados que prestavam serviços à mineradora e membros da comunidade.
Imagem 1 -  Bombeiro de Minas Gerais usa bambu para procurar vítimas enterradas na lama do desastre da barragem de rejeitos da Vale em Brumadinho; Buscas chegam ao décimo terceiro dia com 142 mortos e 194 desaparecidos
Bombeiro de Minas Gerais usa bambu para procurar vítimas enterradas na lama do desastre da barragem de rejeitos da Vale em Brumadinho; Buscas chegam ao décimo terceiro dia com 142 mortos e 194 desaparecidos
BOMBEIROS/MG

Cerca de 380 homens deram início aos trabalhos no 13º dia de buscas na região onde uma barragem da mineradora Vale se rompeu, em Brumadinho (MG). De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do estado, além do efetivo, as equipes contam com o auxílio de 21 máquinas pesadas e quatro caminhões.

O último balanço da Defesa Civil de Minas Gerais aponta 142 mortos na tragédia, sendo que 122 já foram identificados.

Três pessoas permanecem hospitalizadas e 194 ainda não foram localizadas – entre funcionários da Vale, terceirizados que prestavam serviços à mineradora e membros da comunidade. Há também 103 desabrigados. 


Libertação de presos

Ontem (5), o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu pela libertação de cinco pessoas presas no dia 29 de janeiro, acusadas de envolvimento no rompimento da barragem. Entre elas estão engenheiros, geólogos e outros técnicos da Vale e da empresa que assinou laudo assegurando as condições de segurança da barragem.

Notas

Tekton

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário