22 FEV 2019 | ATUALIZADO 23:38
ESTADO

Números de doações de órgãos triplicam no RN, afirma Central Estadual de Transplantes

Atualmente, o RN realiza transplantes de rins, córnea e medula óssea. A lista ativa de espera para o transplante renal, atualizada em janeiro de 2019, conta com um total de 208 pacientes inscritos. Já a lista de espera por um transplante de córnea é de 186 pacientes
DA REDAÇÃO
12/02/2019 18:26
Atualizado
12/02/2019 18:32
A+   A-  
Números de doações de órgãos triplicam no RN, afirma Central Estadual de Transplantes
s doações efetivas de múltiplos órgãos (aquelas em que os órgãos são captados) triplicaram no Rio Grande do Norte
Arquivo

As doações efetivas de múltiplos órgãos (aquelas em que os órgãos são captados) triplicaram no Rio Grande do Norte. O dado foi divulgado nesta terça-feira (12) pela Central Estadual de Transplantes (CET) e é referente ao primeiro mês de 2019, comparando com janeiro de 2018. Em janeiro do ano passado foram 3 doações efetivas, enquanto no primeiro mês de 2019 foram 9.

“É a primeira vez que é registrado este número de doadores em um único mês. O aumento no número de doações tem impacto direto na elevação também do número de transplante de órgãos e tecido no estado. Somente em janeiro de 2019 foram realizados 16 transplantes renais”, comemora Raissa Marques, coordenadora da CET.

Atualmente, o RN realiza transplantes de rins, córnea e medula óssea. A lista ativa de espera para o transplante renal, atualizada em janeiro de 2019, conta com um total de 208 pacientes inscritos. Já a lista de espera por um transplante de córnea é de 186 pacientes.

Captações

No domingo (10), a Central Estadual de Transplantes, junto à Organização de Procura de Órgãos (OPO), intermediou duas captações que ocorreram em Mossoró, na região Oeste do estado. Uma ocorreu no Hospital Regional Tarcísio Maia, e outra no Hospital Wilson Rosado. Nesta última, a doadora foi uma criança de 1 ano e 10 meses. Os pais são doadores declarados em vida e foi o pai da criança que abordou a equipe sobre a possibilidade de doar os órgãos. Seu ato salvou a vida de três crianças – o coração foi transplantado em uma criança com meses de vida, em Brasília, e o fígado e os rins foram transplantados em crianças em Pernambuco.

Números

Em todo o ano de 2018 foram realizados 265 transplantes no estado, sendo 162 de córneas, 62 de medula e 41 de rins. O número de doações foi de 36 para múltiplos órgãos e 112 para córneas.


Notas

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário