28 FEV 2020 | ATUALIZADO 16:54
ESPORTE

Jornalista que sobreviveu a queda de avião da Chapecoense morre de infarto

Em novembro de 2016 o jornalista Rafael Henzel foi um dos quatro brasileiros sobreviventes da queda do avião da Chapecoense, que matou 71 pessoas, na Colômbia. Henzel sofreu um infarto na noite desta terça-feira (26) e faleceu antes de chegar ao hospital.
DA REDAÇÃO E COM INFORMAÇÕES DO UOL ESPORTES
26/03/2019 22:09
Atualizado
26/03/2019 22:16
A+   A-  
Imagem 1 -  O Rafael Henzel ficou conhecido internacionalmente por ser o único jornalista sobrevivente do Voo LaMia 293.
O Rafael Henzel ficou conhecido internacionalmente por ser o único jornalista sobrevivente do Voo LaMia 293.
FOTO: LAURO ALVES/AGÊNCIA RBS

Na noite desta terça-feira (26) o jornalista Rafael Henzel, de 45 anos, morreu, após sofrer um infarto durante uma partida de futebol, na cidade de Chapecó, Santa Catarina. 

O jornalista era um dos sobreviventes da queda do avião que levava o time da Chapecoense e jornalistas para um partida de futebol na Colômbia. Atragédia deixou 71 mortos, em novembro de 2016.

A notícia sobre o falecimento de Rafael foi confirmada pela Rádio Oeste Capital de Chapecó, onde ele trabalhava.

Segundo informações de familiares Henzel costumava jogar uma "pelada" às terças-feiras. Na partida de hoje, se sentiu mal e precisou ser socorrido.O jornalista chegou a ser levado de helicóptero para o Hospital Regional de Chapecó, mas não resistiu.  Mais cedo, ele apresentou normalmente seu programa na Rádio Oeste Capital FM. 

Em 2017, Rafael Henzel lançou o livro "Viva Como se Estivesse de Partida". Nele, falou sobre a tragédia com o avião da Chapecoense e deixou uma mensagem sobre a importância à vida. 

Henzel era natural da cidade de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. O jornalista ficou conhecido internacionalmente por ser o único jornalista sobrevivente do Voo LaMia 293. 


Notas

Convite Missa

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário