21 SET 2019 | ATUALIZADO 13:00
MOSSORÓ

“Agora sim, o FGTS é dos servidores!”, diz Marleide Cunha, do Sindiserpum

O benefício começa a ser pago nesta segunda-feira (19) com os recursos que já estão bloqueados numa conta na Caixa há vários anos; A informação é da Presidente do Sindiserpum em artigo publicado neste domingo, 18, direcionado aos servidores.
19/08/2019 08:12
Atualizado
19/08/2019 08:23
A+   A-  
Imagem 1 -  “Agora sim, o FGTS é dos servidores!”, diz Marleide Cunha, do Sindiserpum. O benefício começa a ser pago nesta segunda-feira (19) com os recursos que já estão bloqueados numa conta na Caixa há vários anos; A informação é da Presidente do Sindiserpum em artigo publicado neste domingo, 18, direcionado aos servidores.
“Agora sim, o FGTS é dos servidores!”, diz Marleide Cunha, do Sindiserpum. O benefício começa a ser pago nesta segunda-feira (19) com os recursos que já estão bloqueados numa conta na Caixa há vários anos; A informação é da Presidente do Sindiserpum em artigo publicado neste domingo, 18, direcionado aos servidores.

Por Marleide Cunha

“Agora sim, o FGTS é dos servidores! O Sindiserpum conseguiu! Muitos não acreditavam porque era um sindicato lutando contra a estrutura e o poder da prefeitura de Mossoró.  

A batalha foi árdua. Em 2013 o poder da prefeitura venceu e conseguiram derrubar o processo de Brasília pra Mossoró, emperrando na justiça comum.

Em 2014 recomeçamos a batalha e agora a responsabilidade era minha, enquanto presidente do Sindiserpum de fazer tudo ao nosso alcance pra corrigir a injustiça cometida no passado.

Estive em todas as audiências judiciais, e em cada uma dávamos um novo passo que nos aproximava da vitória final. Muitos servidores que sonharam em ter seu direito reestabelecido já não estão mais entre nós (os familiares receberão), outros estão aqui para presenciar a Vitória dos/das que não desistiram de lutar.

Amanhã (segunda, dia 19) começa a liberação de parte do FGTS para 1.429 servidores municipais. Infelizmente a prefeitura ainda cometeu injustiças e excluiu aproximadamente 500 servidores que o Sindiserpum, através de seu advogado, está trabalhando pra incluir.

E não vamos desistir porque não deixamos ninguém pra trás. É por toda esta trajetória de luta em busca do reconhecimento desse direito dos servidores ao FGTS, que não posso silenciar vendo a prefeita manipular os servidores querendo fazer parecer que o pagamento é um presente dela.

Não é presente é direito conquistado depois de décadas negado! Para isso precisou de um advogado obstinado e um sindicato - SINDISERPUM- independente que não desiste nunca de defender os direitos dois servidores e servidoras municipais de Mossoró. Doa a quem doer!


Notas

Unicursos 2019

Publicidades

Unicursos em Mossoró MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário