21 OUT 2019 | ATUALIZADO 16:00
ECONOMIA

Caixa promove semana de conciliação de débitos a partir de hoje, 7

A iniciativa tem como objetivo finalizar os processos judiciais de conciliação, estendendo uma ação e possibilitando o resgate do poder de compra, o pagamento e o crédito do cliente no mercado, com a retirada das restrições dos registros externos; saiba como participar.
07/10/2019 09:09
Atualizado
07/10/2019 12:15
A+   A-  
Imagem 1 -  Caixa promove semana de conciliação de débitos a partir de hoje, 7.
Caixa promove semana de conciliação de débitos a partir de hoje, 7.
FOTO:

A partir desta segunda-feira (7) a Caixa Econômica Federal promove a Semana CAIXA de Conciliação. O evento busca oferecer a clientes, pessoas físicas e jurídicas, a possibilidade de renegociarem suas dívidas com condições especiais.

Cerca de 120 mil clientes de todo o país podem regular seus débitos de forma facilitada, com descontos de até 90% para liquidação à vista, além de outras condições que exigem acordo com uma situação de contrato e o tipo de operação de crédito.

A iniciativa tem como objetivo finalizar os processos judiciais de conciliação, estendendo uma ação e possibilitando o resgate do poder de compra, o pagamento e o crédito do cliente no mercado, com a retirada das restrições dos registros externos.

Para o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, uma conciliação é uma forma mais rápida, eficiente e menos onerosa para todas as partes encerrarem um processo judicial, além de permitir aos clientes recuperar sua cidadania financeira.

“Nosso objetivo é promover condições para que os clientes com dificuldades econômicas possam regularizar sua situação de forma simples e vantajosa, além de contribuir para desonerar a justiça brasileira”, ressalta.

A Semana CAIXA de Conciliação vai até sexta-feira (11), em todo o país. Os clientes que recebem carta-convite da CAIXA podem ser atendidos nas agências do banco ou em várias variantes da Justiça Federal. A lista completa com os locais de atendimento pode ser conferida AQUI  .


Notas

Santa Luza

Publicidades

Eleições 2020 MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário