09 DEZ 2019 | ATUALIZADO 18:16
SAÚDE

Teste do pezinho pode detectar mais de 40 doenças nos primeiros dias de vida

O exame está entre os obrigatórios que o bebê deve fazer entre o 3º e o 5º de nascido. O teste é importante para prevenir ou detectar possíveis doenças logo no início, quando as chances de cura são maiores.
04/11/2019 08:54
Atualizado
04/11/2019 08:59
A+   A-  
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

O teste do pezinho está entre os exames obrigatórios que o bebê deve fazer nos primeiros dias de nascimento.

A triagem neonatal é importante para prevenir ou detectar possíveis doenças, o diagnóstico precoce aumenta as chances de cura, nesse caso específico o ideal é que seja realizado entre o 3º e 5º dia.


EXISTEM DIFERENTES TIPOS DE TESTE

O teste básico, oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS), dentro do Programa Nacional de Triagem Neonatal, detecta seis doenças: Fenilcetonúria, Hipotireoidismo congênito, Anemia falciforme, Fibrose cística, Hiperplasia adrenal congênita (HAC), Deficiência de biotinidase.

Já nos realizados em laboratórios particulares, é possível realizar o teste estendido, que permite identificar de 40 a 50 doenças antes de seus sintomas se manifestarem.

É fundamental que se por algum motivo externo, esse teste não tenha sido concluído, pais e responsáveis fiquem atentos a possível indicação das doenças citadas.

Segundo a pediatra do Hapvida, Drª Kallydya Fonseca, “muitas doenças raras têm um caráter progressivo e degenerativo, promovendo danos cumulativos. Isso quer dizer que diagnosticá-las e iniciar o tratamento antes do aparecimento dos sintomas é o melhor dos mundos para barrar a progressão e preservar a qualidade de vida do paciente”.

Os testes são realizados na própria maternidade ou em laboratórios credenciados.


Notas

Ambiental do Brasil

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário