08 ABR 2020 | ATUALIZADO 18:52
MOSSORÓ
ANNA PAULA BRITO
26/11/2019 10:12
Atualizado
26/11/2019 10:26

Insulina que chegou na sexta (22) acabou antes dos pacientes receberem

A+   A-  
Uma das insulinas que estava em falta na Secretaria de Saúde de Mossoró, a NovoRapid, acabou antes mesmo que as pessoas que precisam tivessem a chance de receber. A informação foi repassada ao MH por um cidadão que está na fila para receber o medicamento e que vai voltar para casa sem ele.
Imagem 1 -
FOTO: CEDIDA

A insulina NovoRapid, de uso associado com a Insulina Tresiba, já está em falta novamente na Secretaria de Saúde de Mossoró.

O medicamento havia chegado na sexta-feira, dia 22, mas acabou antes mesmo de os pacientes que necessitam dele conseguirem recebê-lo.

A denúncia foi feita por um cidadão que está na Secretaria, na fila para receber a insulina, e foi informado que a NovoRapid não está mais disponível no estoque.

Ele pediu para não citar seu nome, por medo de retaliação. O que é justificável, considerando que outros leitores informaram ao MH que foram avisados na Secretaria de Saúde que se procurassem a impressa para denunciar, seriam prejudicados.

Ao MOSSORÓ HOJE, ele contou que os dois tipos de insulinas, de uso combinado, são fundamentais para o controle da diabetes tipo 1 (infanto-juvenil) e que sem ela não é possível seguir corretamente o tratamento.

O paciente contou, ainda, que a Secretaria de Saúde havia feito um cadastramento com todos os pacientes que necessitam do medicamento, para que fosse feito o pedido com a quantidade necessária para atender a demanda dos próximos três meses.

“Mas hoje é o terceiro dia de entrega após a chegada dos medicamentos e um deles já acabou. Eu não puder vir pegar nos dois primeiros dias porque estava viajando. Aí hoje vim cedo, peguei a ficha 70 e na 27 a moça que está entregando as fichas veio avisar que a NovoRapid acabou”, contou.

Em Mossoró, cerca 850 pacientes com diabetes fazem uso de insulina, um medicação de alto custo para controle do nível de glicose no sangue.

Nas teoria, as insulinas são distribuídas de forma gratuita pela Prefeitura. Para receber o medicamento os pacientes passam por um endocrinologista, que emite uma receita para que eles tenham direito a 3 recebimentos mensais.

Na sexta-feira (22) a Prefeitura informou que investiu R$ 312.091 nas compras de 2.903 unidades da Tresiba e 2.175 unidades da Novorapid, que deveriam ser distribuídas para 863 pacientes cadastrados.

Veja mais:

[FILA] Chega insulina para pacientes com diabetes em Mossoró-RN


Além da insulina, também está em falta o Kit de Acompanhamento da glicemia (tiras usadas para medir o nível de glicose no sangue), bem como as agulhas de aplicação da insulina.

“Tudo isso deve ser distribuído pela Prefeitura. Ele estão entregando as canetas para aplicar a insulina, mas a gente vai ter que comprar a agulha”, contou o paciente.

O MOSSORÓ HOJE entrou em contato com a Secretaria de Saúde do município, mas até o fechamento da matéria não recebeu um retorno.


Notas

Brinds

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário