15 DEZ 2019 | ATUALIZADO 18:45
SAÚDE

Oncologista reforça a importância do diagnóstico precoce do câncer

O dia nacional de combate ao câncer é celebrado nesta quarta-feira (27) e visa ampliar o conhecimento da população brasileira sobre a doença e, principalmente, sobre a importância de procurar um especialista, periodicamente, como forma de prevenção à doença.
27/11/2019 12:00
Atualizado
27/11/2019 12:01
A+   A-  
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Criado por meio da Portaria do Ministério da Saúde GM nº 707, de dezembro de 1988, o Dia Nacional de Combate ao Câncer é comemorado no dia 27 de novembro, e tem como objetivo ampliar o conhecimento da população brasileira sobre o câncer, principalmente sobre a sua prevenção.

"Esta data visa mobilizar pessoas e organizações mundiais para reforçar a importância de adoção de hábitos saudáveis, atitudes de prevenção, diagnóstico precoce e tratamento, que são fundamentais para o controle da doença", explica o médico oncologista, Dr. Valdemir Ferreira.

De acordo com levantamento da Organização Mundial de Saúde (OMS) o número de casos registrados da doença pode aumentar em 78% nos próximos 20 anos.

Entre os tipos de cânceres com maior incidência em ambos os sexos está o câncer de pele não melanoma, que é um tipo de tumor menos letal.

Os outros 10 tipos mais incidentes são: próstata, mama, intestino, pulmão, estômago, colo do útero, cavidade oral, sistema nervoso central, leucemia e esôfago.

Cigarro, sedentarismo, má alimentação e poluição estão entre os principais fatores de risco para o surgimento de tumores. Apesar de ser uma doença que possui altas chances de cura quando diagnosticada cedo, a demora pode dificultar bastante o tratamento, podendo chegar a ser fatal.

"É preciso ficar atento aos exames de rotina. O câncer tem altas chances de cura, quando diagnosticado de forma precoce. No entanto, a demora na busca pelo tratamento pode ser fatal", finalizou o oncologista.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário