15 DEZ 2019 | ATUALIZADO 18:45
POLÍCIA

Perigoso assaltante paraibano é preso dentro de um motel em Alexandria

Com o criminoso, condenado a 34 anos de prisão por vários assaltos, foram apreendidas duas pistolas municiadas; Ele confessou ter praticado três assaltos na Paraíba se refugiado no motel em Alexandria
30/11/2019 11:13
Atualizado
30/11/2019 11:18
A+   A-  
Imagem 1 -  Galego, que já é condenado a 34 anos de prisão e estava foragido, foi preso dentro de um motel na zona rural do município de Alexandria nesta sexta-feira, dia 29 de novembro de 2019.
Galego, que já é condenado a 34 anos de prisão e estava foragido, foi preso dentro de um motel na zona rural do município de Alexandria nesta sexta-feira, dia 29 de novembro de 2019.

O perigoso assaltante paraibano Marciano Medeiros da Silva, de 28 anos, foi preso na tarde desta sexta-feira (29) em Alexandria-RN, portando duas pistolas calibre 380, municiadas.

Os policiais da Paraíba já vinham procurando o criminoso. A Polícia do Rio Grande do Norte recebeu informações de que ele estava escondido num motel no Sítio Pulgas, em Alexandria.

Marciano Medeiros, conhecido por Galego, é condenado a mais de 30 anos de prisão por vários violentos no estado da Paraíba e também no Rio Grande do Norte, especialmente na região Seridó.

Após assaltar uma mulher na cidade de Serra Negra do Norte, o ano de 2013, e vários outros na região de Catolé do Rocha, Galego foi preso e ficou à disposição da Justiça.

Neste período, o assaltante foi condenado a 34 anos (penas somadas) de prisão pelos crimes que praticou. Conseguiu se evadir do sistema prisional da Paraíba e a fazer novos assaltos.

Ao ser preso em Alexandria, Galego admitiu ter feito três assaltos na Paraíba, sendo que um deles na cidade de Bom Sucesso, que fica entre Alexandria e Catolé do Rocha.

Quando foi abordado, o Galego estava com duas pistolas calibre 380, sendo uma delas com numeração adulterada. Seriam armas usadas para assaltos e outros crimes.

Em razão disso, ele foi autuado em flagrante pelos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido e posse de arma de fogo com numeração raspada em Alexandria.

Após os procedimentos na Delegacia Regional de Alexandria, Galego foi encaminhado para o Sistema Prisional do Rio Grande do Norte, devendo ser transferido para a Paraíba.

Notas

Compra Notebook

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário