15 DEZ 2019 | ATUALIZADO 18:45
SAÚDE

Comorbidades: diagnóstico de duas ou mais doenças num mesmo paciente

Devido ao acúmulo de doenças, existe um fator de risco nas comorbidades, o uso de vários medicamentos, uma vez que é necessária dosagem diferente para cada patologia. “Se você faz parte desses milhões de brasileiros é importante não praticar a automedicação”, explica Dr. Geraldo Pinheiro.
02/12/2019 11:48
Atualizado
02/12/2019 11:48
A+   A-  
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Você sabe o que significa ou já ouviu sobre o termo comorbidade? Segundo o dicionário a palavra é usada para designar duplo diagnóstico ou correspondem à associação de pelo menos duas patologias num mesmo paciente.

Há uma variedade de doenças que se encaixam no vocábulo e tem grande potencial para levar a outras enfermidades. É o que explica o clínico geral do Hapvida, Dr. Geraldo Pinheiro.

“Diabetes e hipertensão podem gerar outros problemas como um enfarte ou AVC – Acidente Vascular Cerebral, provocando as chamadas comorbidades”.

Devido ao acúmulo de doenças, existe um fator de risco nas comorbidades, o uso de vários medicamentos, uma vez que é necessária dosagem diferente para cada patologia. Se você faz parte desses milhões de brasileiros é importante não praticar a automedicação.

Sobre o tratamento, o médico é taxativo “é preciso tratar cada doença individualmente, de acordo com suas características primárias. Hoje, nós trabalhamos principalmente com a medicina preventiva, a fim de evitar esses tipos de enfermidades”.


Notas

Compra Notebook

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário