22 SET 2020 | ATUALIZADO 18:31
SAÚDE
20/01/2020 12:02
Atualizado
20/01/2020 12:03

Mitos, verdades e tipos sanguíneos: entenda a doação de sangue

A+   A-  
Uma única doação de sangue pode salvar até quatro vidas. Podem doar pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg. O procedimento para doação é simples, rápido e totalmente seguro.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Uma única doação de sangue pode salvar até quatro vidas. Podem doar pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg. O procedimento para doação é simples, rápido e totalmente seguro.

Não há riscos para o doador, porque nenhum material usado na coleta do sangue é reutilizado, o que elimina qualquer possibilidade de contaminação.É preciso apresentar documento oficial com foto e menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis.

De acordo com o hematologista do Hapvida, Dr Francisco Júnior, os requisitos para doar sangue “é estar com bom estado de saúde e seguir os seguintes passos: Estar alimentado; Evite alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação; Caso seja após o almoço, aguardar 2 horas; Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas; Pessoas com idade entre 60 e 69 anos só poderão doar sangue se já o tiverem feito antes dos 60 anos”.

“A frequência máxima é de quatro doações de sangue anuais para o homem e de três doações de sangue anuais para as mulheres. O intervalo mínimo entre uma doação de sangue e outra é de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres”, explica o especialista.

Uma pessoa adulta tem, em média, 5 litros de sangue. Em cada doação, o máximo de sangue retirado é de 450 ml.


QUEM DOA SANGUE PARA QUEM



MITOS E VERDADES SOBRE A DOAÇÃO DE SANGUE


Pessoas com piercing ou tatuagens não podem doar sangue?

MITO - Apenas pessoas com piercing na boca não podem realizar a doação, por ser uma área mais receptiva a infecções do que outras do corpo.

Já as pessoas com tatuagens, são indicadas que a doação seja feita após um ano da realização do desenho, pois é o tempo adequado para que doenças contagiosas que possam ser transmitidas pela agulha se manifestem.


Gestante não pode doar sangue?

VERDADE - Mulheres grávidas ou que estejam amamentando não devem doar. As lactantes devem esperar 12 meses após o parto.


Alguma doença pode ser transmitida na doação de sangue?

MITO - A partir da implementação do teste de Ácido Nucléico (NAT) com fomento da ABHH, doenças como HIV, Hepatites B e C, são detectadas pelo procedimento que tem capacidade de identificar se a pessoa está contaminada mesmo que haja um curto período, entre o dia de contaminação e a doação.


O sangue que eu doar pode servir para várias pessoas diferentes?

VERDADE - O sangue coletado é separado em vários componentes (concentrado de hemácias, de plaquetas e de plasma) e cada paciente recebe aquela parte que seu organismo necessita.


Não pode doar sangue durante o período menstrual?

MITO - O fluxo menstrual não influencia de forma alguma a coleta do sangue.


Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário