29 FEV 2020 | ATUALIZADO 19:09
Matéria

Recordista no UFC, Gleison Tibau volta a lutar em sua cidade natal

Adversário será Hermes França, que chegou a disputar o cinturão do UFC. Evento ainda irá receber outras duas lutas de MMA e uma competição de jiu-jitsu
20/01/2020 18:29
Atualizado
20/01/2020 18:29
A+   A-  
Imagem 1 -

O próximo domingo, 26 de janeiro, será de reencontro do lutador Gleison Tibau com as suas origens.

Após doze anos lutando no maior evento de MMA do mundo, o Ultimate Fighting Champioship (UFC), o atleta irá fazer novamente uma luta em Tibau. O adversário será outro ex-lutador do UFC, Hermes França, que já disputou o cinturão do Ultimate.

O combate será a atração principal da Copa Summer e ocorre às 17h, em uma estrutura montada ao lado da Pedra do Chapéu.

Entretanto, antes da luta principal, haverá uma competição de jiu-jitsu entre 9h e 15h. Além disso, haverá duas lutas de MMA, entre 15h e 17h.

Em relação ao MMA, a Copa Summer terá o desafio entre Thalisson Soares, de Areia Branca (RN), contra Marcelo Marques, de Fortaleza, bem como o combate entre João Mendes, de Limoeiro do Norte (CE) contra João Baixinho, de Alto do Rodrigues (RN).

A competição de jiu-jitsu tem inscrições abertas nas categorias Gi com Kimono, Absoluto Gi com Kimono, Absoluto sem Kimono, Feminino e Kids.

SOBRE A LUTA PRINCIPAL

Gleison Tibau é o brasileiro com maior número de lutas no UFC. Em doze anos no evento, o lutador participou de 28 lutas e é ainda o terceiro atleta com maior número de lutas no Ultimate.

O contrato dele com o evento acabou em agosto de 2018 e desde então tem realizado lutas em eventos internacionais, bem como está ministrando cursos de MMA.

Sobre o retorno à casa, Tibau afirma que sente um gosto bastante especial, pois tem uma identificação enorme com a cidade.

“Sempre estou falando das minhas origens nas entrevistas. Então, queria muito fazer uma luta de alto nível na cidade. Quando eu estava nos Estados Unidos, onde moro, sempre recebi imagens das pessoas assistindo as minhas lutas no telão no centro de Tibau e agora vai ser a oportunidade de lutar em casa, com as pessoas que eu amo me assistindo na arquibancada”, disse o atleta.

Sobre o adversário, Gleison Tibau afirma que será uma luta muito difícil, pois Hermes França é um atleta que já disputou o cinturão do UFC, em 2007, e também foi campeão do World Extreme Cagefighting (WEC), evento que chegou a disputar liderança de audiência com o UFC e foi comprado pela organização do Ultimate.

“Hermes França foi um dos pioneiros do Brasil em ir lutar no UFC, abrindo caminho para muita gente. Ele chegou a disputar o título e fez história no evento, se tornando conhecido no mundo todo. Então, será uma luta muito difícil, mas espero conseguir a vitória com o forte apoio da torcida, que com certeza vai estar me apoiando em peso”, comentou o lutador.


Notas

Convite Missa

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário