08 ABR 2020 | ATUALIZADO 10:43
SAÚDE
08/02/2020 09:27
Atualizado
08/02/2020 09:40

Depois de 3 meses em falta, Prefeitura de Mossoró volta a distribuir insulina

A+   A-  
Medicação essencial a vida dos pacientes com diabetes chegou no início da noite desta sexta-feira, 7, e está sendo distribuída na manhã deste sábado na Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró
Imagem 1 -  Depios de quase três meses em falta, chegou insulinas na tarde desta sexta-feira, 7, e na manhã deste sábado, 8, está sendo distribuída na Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró/RN
Depios de quase três meses em falta, chegou insulinas na tarde desta sexta-feira, 7, e na manhã deste sábado, 8, está sendo distribuída na Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró/RN

A Prefeitura iniciou na manhã deste sábado, 8, a distribuição de insulina Tresiba e Novorapid (não informou se chegaram fitas, lacetas e seringas) para os 862 pacientes com diabetes cadastrados na Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró/RN.

A medicação, que é de alto custo, estava em falta há quase 3 meses, o que fere a  lei federal de n° 11.347 do dia 27 de setembro de 2006, que é clara em afirmar que a Prefeitura tem que entregar também glicosímetros e suas respectivas fitas, lancetadores, lancetas e seringas.

Mas não é o caso de Mossoró. O irregularidade da distribuição existe há muito tempo, sem que o Poder Público Municipal seja capaz de fazer um planejamento para  não deixar faltar a medicação, reduzindo assim o sofrimento dos pacientes com diabetes. 

E não é por falta de recursos previsto em orçamento. 

Em 2018, que também teve muita reclamação durante todo o ano de que estava faltando ou distribuindo incompleto, por exemplo, a Prefeitura de Mossoró informou ter destinado em orçamento o valor de R$ 3.601.800,00 para comprar de insulina.

Em  2019, que foi de muito sofrimento para os pacientes com diabetes em Mossoró, havia previsão orçamentária de R$ 4.138.400,00 milhões para compra da medicação e mesmo assim faltou várias vezes e por tempos prolongados, levando os pacientes com diabetes ao desespero.

Depois de cobranças dos pacientes, em reportagens destacadas no MOSSORÓ HOJE, Blog do Carlos Santos e G1, a prefeita Rosalba Ciarlini anunciou terça-feira, dia 4, durante a leitura da mensagem do executivo no legislativo, que nesta sexta-feira, 7, estaria chegando a remessa de insulina. 

A entrega começou de 7h30 e vai até às 14h, sem parar para o almoço, segundo informa  Conceição Negreiros. A insulina chegou às 18 horas desta sexta-feira e foi feito uma força tarefa para conferir e acomodar nos freezeres.  "Recebi a insulina e a seringa", diz Westerlei.

Quem não receber neste sábado, pode deixar para receber a insulina na próxima segunda-feira. 

Para esta primeira remessa de 2020, a Prefeitura Municipal informou no site institucional que investiu cerca de R$ 200 mil na compra de 2.039 unidades de Tresiba e 600 unidades de Novorapid. Estes recursos serão ressarcidos pelo SUS.

Notas

Brinds

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário