08 ABR 2020 | ATUALIZADO 12:26
SAÚDE
09/02/2020 15:09
Atualizado
10/02/2020 14:53

Alimentos contaminados com salmonella podem levar a morte

A+   A-  
Existem mais de 250 tipos doenças são transmitidas por alimentos e/ou água contaminados, sendo que a maioria delas são infecções causadas por bactérias e suas toxinas, vírus e outros parasitas. Os alimento contaminados com a bactéria salmonella são a principal causa de infecção letal. Higienizá-los bem pode evitar a doença.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

Os alimentos nos ajudam a manter o corpo forte e saudável fazendo com que tenhamos disposição para realizar as tarefas diárias. Mas algumas doenças são transmitidas por alimentos e/ou água contaminados, são as chamadas DTA.

Existem mais de 250 tipos de DTA no mundo, sendo que a maioria delas são infecções causadas por bactérias e suas toxinas, vírus e outros parasitas.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera as DTA uma grande preocupação de saúde pública global. Segundo o nutricionista do Hapvida, Alexandre Neves, a contaminação acontece principalmente pela má limpeza dos alimentos.

“As pessoas não higienizam e armazenam corretamente os alimentos. Isso faz com que as bactérias se espalhem e contaminem o alimento sem alterar o sabor, dessa maneira ao ingeri-lo, o indivíduo não percebe que a comida está estragada”, disse o especialista.

De acordo com Alexandre, no Brasil, a maioria das doenças transmitidas por alimentos são causadas por bactérias (principalmente por Salmonella, Escherichia coli e Staphylococcus).

“Uma vez contaminadas, o paciente começa a sentir náuseas; vômitos; dores abdominais; diarreia; falta de apetite ou febre”.

O tratamento consiste basicamente em medidas de suporte para evitar a desidratação e óbito. Veja algumas dicas para evitar a infecção alimentar:

· Lave as mãos regularmente;

· Selecione alimentos frescos com boa aparência e, antes do consumo, os mesmos devem ser lavados e desinfetados;

· Para desinfecção de hortifruti (frutas, legumes e verduras) deve-se imergir os alimentos em uma solução preparada com 10 ml (1 colher de sopa) de hipoclorito de sódio a 2,5% para cada litro de água tratada;

· Os ovos devem ser lavados em água potável, um por vez, somente antes do uso (nunca antes de estocar);

· Alimentos perecíveis só podem permanecer em temperatura ambiente pelo tempo mínimo necessário para sua preparação. Evite consumir alimentos que ficaram muito tempo sob a temperatura ambiente;

· Reaqueça bem os alimentos que tenham sido congelados ou refrigerados antes de consumi-los;

· Compre alimentos seguros, verificando prazo de validade, acondicionamento e suas condições físicas (aparência, consistência, odor). Não compre alimentos sem etiqueta que identifique o produtor;

· Consuma leite pasteurizado, esterilizado (UHT) ou fervido. Não beba leite nem seus derivados crus;

· Evite o consumo de alimentos crus, mal cozidos/assados (carnes e derivados);

· Evite o contato entre alimentos crus e alimentos prontos para o consumo para impedir contaminação cruzada;

· Evite ingerir alimentos comercializados em estabelecimentos não inspecionados.

· Mantenha os alimentos fora do alcance de insetos, roedores e outros animais;

· Quando estiver em dúvida quanto à potabilidade da água de beber, recomenda-se fervê-la ou tratá-la com solução de hipoclorito de sódio a 2,5 %. Coloque 2 gotas em 1 litro de água e aguarde por 30 minutos antes de consumir.Cuidado para não utilizar soluções comerciais com hipoclorito de sódio a 2,5% que também tenham alvejantes na composição.


Notas

Brinds

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário