22 FEV 2020 | ATUALIZADO 22:16
MOSSORÓ

Prefeitura conclui contratação de leitos credenciados no Hospital São Luiz

O evento que marcou a assinatura do contrato aconteceu na manhã desta segunda-feira (10), na sede da prefeitura. Na ocasião, a prefeita Rosalba Ciarlini declarou equivocadamente que teve participação decisiva nessa conquista, o que não é verdade.
DO BLOG DO CARLOS SANTOS
11/02/2020 10:41
Atualizado
11/02/2020 10:44
A+   A-  
Imagem 1 -
FOTO: DIVULGAÇÃO/PMM

Finalmente a Prefeitura Municipal de Mossoró assinou contrato para utilização de 10 leitos de UTI do Hospital São Luiz, localizado no bairro Aeroporto, conforme determinação do Ministério da Saúde.

A portaria nº 3.405, do Ministério da Saúde, que credencia os 10 leitos de UTI foi publicada no dia 17 de dezembro de 2019, no Diário Oficial da União (DOU), depois de um processo de mais de dois anos, cheio de bastidores nebulosos (sujos, para sermos mais claros).

Veja mais:

Ministério da Saúde credencia 10 leitos de UTI do Hospital São Luiz


No evento que marcou a assinatura, na manhã desta segunda-feira (10), na sede da prefeitura, a prefeita Rosalba Ciarlini (PP) declarou equivocadamente que teve participação decisiva nessa conquista. O que não é verdade.

“Esse é um processo que realmente contou com nosso apoio, nosso interesse, que nós fomos atrás”, propagou ardilosamente.

O OUTRO LADO

Não existe sequer uma publicação oficial da própria prefeitura – em vídeo, áudio, texto impresso ou virtual – que mostre diligências da prefeita no RN e em Brasília para esse fim.

Ela teve audiências na pasta da Saúde no Distrito Federal em 2019 e nada sobre esse assunto foi tratado no período. Inclusive, não existe nenhum material distribuído por sua Comunicação Social que confirme suas declarações.

Repete-se o enredo que foi vendido pela municipalidade quanto à retomada dos voos comerciais em Mossoró a partir de 13 de junho de 2018, também sem intervenção direta sua ou de sua administração. A prefeita chegou a propagandear a realização como conquista de seu governo.

Mesmo estratagema que utilizou para vender ideia de que seriam criados 500 empregos diretos e indiretos em suposta reabertura da indústria Porcellanati.

Veja mais:

Candidatos fazem fila na busca por vaga de emprego na Porcellanati

Lembram da imensa fila por vaga na Porcellanati? Rosalba enganou todo mundo


Ambos episódios aconteceram no ano eleitoral de 2018, da mesma forma como se repete agora. Precisa desenhar?

Veja mais:

As dificuldades para se credenciar leitos de UTI no SUS para Mossoró

Mossoró corre risco de perder os 10 leitos de UTI que conseguiu em dezembro

Allyson cobra agilidade da prefeitura de Mossoró na contratação de leitos de UTI

Em nota, Prefeitura diz que Mossoró não vai perder os 10 leitos de UTI



Notas

Agradecimento TOP

Publicidades

Bolsas 100% MOSSORÓ

Outras Notícias

Deixe seu comentário