08 AGO 2020 | ATUALIZADO 20:10
ESTADO
08/07/2020 16:04
Atualizado
08/07/2020 16:54

Deputado pede que governo convoque os aprovados no concurso do CBM/RN

A+   A-  
O concurso para aumento do efetivo do Corpo de Bombeiros aconteceu em 2017. Allyson Bezerra relatou que manteve contato com o Comando da corporação, que expôs o déficit de pessoal registrado hoje; Os candidatos foram aprovados na primeira fase e ainda precisam passar pelo TAF antes de iniciar o curso de formação.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

O deputado estadual Allyson Bezerra (SDD) solicitou ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte, na sessão remota desta quarta-feira (08), a convocação dos aprovados no concurso do Corpo de Bombeiros.

O deputado se referiu aos 634 aprovados na primeira etapa, no ano de 2017, que precisam cumprir as etapas seguintes. Ele explica que entende as dificuldades neste momento de pandemia e pede que, pelo menos, 80 aprovados sejam convocados no momento.

“O Comando do Corpo de Bombeiros já oficializou o pedido ao Governo, solicitando a convocação”, disse Allyson, lembrando que os aprovados precisam ainda se submeter ao Teste de Aptidão Física (TAF) antes de ingressar no Curso de Formação.

Allyson relatou que manteve contato com o Comando da corporação, que expôs o déficit de pessoal registrado hoje. “Que o Governo possa atender esse pleito e disponibilizar o cronograma com as demais etapas”, sugeriu o deputado.

O deputado Allyson Bezerra lembrou ainda que esse pedido de seu mandato também ocorreu no caso do concurso dos Policiais Militares e que o pleito foi atendido pelo Governo.

“Os aprovados estão neste momento no Curso de Formação e até o final do ano teremos mais de mil policiais militares nas ruas”, explicou.

O deputado também comentou, na sessão desta quarta-feira, sobre a decisão judicial que impede que o Governo do Estado faça qualquer pagamento de compras através do Consórcio Nordeste.

Ele justificou que a ação na Justiça foi impetrada pela bancada do Solidariedade na Assembleia Legislativa.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário