12 AGO 2020 | ATUALIZADO 22:24
ESTADO
29/07/2020 16:49
Atualizado
29/07/2020 16:49

RN ocupa 6ª colocação em novo ranking de Transparência para Covid-19

A+   A-  
O índice de Transparência Covid-19 é uma iniciativa da ONG Open Knowledge Brasil para avaliar a qualidade dos dados e informações relativos à pandemia do novo coronavírus que têm sido publicados em portais oficiais pela União, pelos estados brasileiros e pelas suas capitais.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

O Rio Grande do Norte alcançou o conceito ‘Ótimo”, agora com a sexta colocação no novo ranking divulgado pela ONG Open Knowledge Brasil, que analisa o nível de transparência dos Estados da Federação e da União nas informações prestadas relacionadas ao combate à Covid-19.

O Estado potiguar subiu mais 4 pontos e passou de 79 pontos (nível BOM) para 83, agora no último patamar de avaliação positiva do índice (nível ÓTIMO). O primeiro colocado, o Espírito Santo, possui 100 pontos.

O Rio Grande do Norte já teve 98 pontos, ocupando o segundo lugar no ranking. No entanto, o número de critérios da ONG dobrou de 13 para 26 e passou a cobrar mais dados sobre a população atingida pela pandemia e infraestrutura das redes de saúde.

De acordo com a gestora da Lei de Acesso à Informação da Controladoria Geral do Estado, Lenira Fonseca, o Rio Grande do Norte subiu na avaliação, sobretudo, ao prestar informações relacionadas à população carcerária.

“Esses dados somados aos da Secretaria de Saúde foram decisivos para o alcance da nota. Importante ressaltar que desde o início da publicação do ranking, seja nos critérios anteriores ou atuais, o RN avançou consideravelmente o nível de transparência pública relacionada a dados epidemiológicos da pandemia”, ressaltou a gestora.

O índice de Transparência Covid-19 é uma iniciativa da ONG Open Knowledge Brasil para avaliar a qualidade dos dados e informações relativos à pandemia do novo coronavírus que têm sido publicados em portais oficiais pela União, pelos estados brasileiros e pelas suas capitais.

Com este novo índice, o Estado potiguar permanece à frente da avaliação de transparência atribuída ao Governo Federal.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário