30 OUT 2020 | ATUALIZADO 15:39
POLÍTICA
CEZAR ALVES
02/09/2020 09:45
Atualizado
02/09/2020 11:14

VÍDEO: Prefeito fala em áudio que secretaria de saúde do Encanto é “rapariga”

A+   A-  
Atevaldo Nazário disse também que Lídia Guedes (foto) não tem “liderança de porra nenhuma” e que a sorte dela é que ele ingressou no Podemos; O áudio chegou aos ouvidos da secretária, que, diante do desrespeito, decidiu não mais dá legenda para o prefeito sair candidato a reeleição e pediu demissão do cargo de secretária de saúde.

O prefeito Atevaldo Nazário da Silva, após forte polêmica com senador Styvenson Valetim, do Podemos, volta ao noticiário regional por chamar a secretaria Municipal de Saúde de “rapariga” e, em seu pensamento, ela não “representa liderança de porra nenhuma”. 

Quem narra a história é a própria secretária de saúde, a psicóloga Lidia Mariana Guedes Bessa, que é também presidente do Republicanos, atual partido do prefeito Atevaldo Nazário. Foi exatamente devido ao comando do partido que levou o clima ficar tenso.


No vídeo, Lídia contou um pouco de sua história na política. Diz que em 2016, quando tinha 21 anos, decidiu entrar na política. Assumiu a pré-candidatura à Prefeitura de Encanto. Na época, ela estava no grupo de oposição. Disputou a eleição como candidata a vice-prefeita. Perdeu.

A jovem psicóloga conta que ano passado se filiou ao Republicamos, que tem como presidente estadual o deputado federal Benes Leocádio e a deputada estadual Eudiane Macedo.

Lidia Guedes conta que o deputado federal Benes Leocádio, inclusive, destinou emenda de R$ 130 mil para o Encanto, antes dela assumir a Secretaria Municipal de Saúde.

Ela disse que nesta época era pré-candidata a vereadora, preposição que desistiu porque entendeu que não era o momento certo para pedir votos. Podia ser no futuro.

No dia 4 de abril, Lidia disse que o prefeito Etevaldo chamou ela para ir à casa dele e ela falou que não ia, pois não tinha afinidade com ele. Explicou que o correto seria o prefeito ir à casa dela. O prefeito Etevaldo Nazário foi até a residência de Lídia Guedes.

Depois de conversarem sobre o partido, Etevaldo Nazário decidiu se filiar ao partido comandado por Lídia Guedes. Na mesma hora, Lídia Guedes ligou para o presidente da sigla, Benes Leocádio, e comunica da filiação do prefeito Etevaldo Nazário. Assim aconteceu.

Só que nos bastidores, o prefeito Etevaldo Nazário, em conversa gravada com amigos, disse que Lídia Guedes era “rapariga” que não exercia “liderança de porra nenhuma” e a sorte dela com Podemos é que ele teria se filiado. Os áudios chegaram aos ouvidos de Lídia.

Na ocasião, Lídia Guedes disse que se ofereceu para ajudar a gestão de Atevaldo, administrando a Secretaria de Saúde, área que ela é especialista. Disse que como conhece gestão de saúde, conseguiu fazer um bom trabalho à frente da secretaria.

Na esta terça-feira, dia 1º de setembro, Lídia Guedes divulgou o vídeo de 10 minutos comunicando oficialmente que não vai dá a legenda do Podemos para o prefeito Atevaldo Nazário concorrer à reeleição e pedindo demissão da Secretaria de Saúde.

“Não trabalho com quem não confio”, conclui.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário