23 SET 2020 | ATUALIZADO 23:58
POLÍCIA
11/09/2020 08:37
Atualizado
11/09/2020 08:43

Filha de vereadora de baraúna é presa suspeita de mandar matar o marido

A+   A-  
José Ivan foi morto com um tiro, quando retornava de uma empresa produtora de frutas, no município de Baraúna, em 13 de agosto deste ano; Durante as investigações, a polícia encontrou uma mensagem de texto, em um aplicativo de celular, por meio da qual Quércia Elânia Rebouças Costa Silva, de 34 anos, tentava contratar uma pessoa para matar o marido, oferecendo uma quantia de R$ 5 mil.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS

Na tarde desta quinta-feira (10) a Polícia Civil de Baraúna prendeu Quércia Elânia Rebouças Costa Silva, de 34 anos. A mulher é suspeita de ter planejar a morte do marido, José Ivan ngelo da Silva, 39 anos, na cidade de Baraúna.

José Ivan foi morto com um tiro de escopeta calibre 12 na cabeça, quando retornava de uma empresa produtora de frutas, no município de Baraúna, no dia 13 de agosto deste ano.

Veja mais:

Funcionário de empresa de frutas é executado e tem carro roubado em Baraúna


De acordo com informações da Polícia Civil, durante as investigações, foi encontrada uma mensagem de texto, em um aplicativo de celular, na qual Quércia tentava contratar uma pessoa para matar seu marido, oferecendo uma quantia de R$ 5 mil.

Na tarde desta quinta-feira (10), os policiais civis cumpriram o mandado de prisão temporária, expedido pela Justiça, e encaminharam a mulher à delegacia.

Quércia Elânia, que e filha da vereadora Helena de Lair, de Baraúna, foi ouvida pelo delegado e depois encaminhada à Penitenciária Mário Negócio, onde permanecerá à disposição da Justiça.


Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário