30 SET 2020 | ATUALIZADO 18:08
ESTADO
15/09/2020 17:34
Atualizado
15/09/2020 17:36

Usuários do Nota Potiguar já podem reservar vouchers de turismo

A+   A-  
Os vouchers podem ser reservados para hospedagem e passeios de buggy. De acordo com o governo, como se trata de uma experiência piloto, a quantidade de vouchers é limitada e, por isso, serão contemplados os primeiros usuários a fazerem as reservas no app.
Imagem 1 -
FOTO: ELIAS MEDEIROS

O aplicativo Nota Potiguar abriu, nesta terça-feira (15), os lotes para reserva de voucher para diárias em meios de hospedagem ou passeios de buggy.

De acordo com o governo, como se trata de uma experiência piloto, a quantidade de vouchers é limitada e, por isso, serão contemplados os primeiros usuários a fazerem as reservas no app.

Por mês, o programa oferta um total de R$ 100 mil em serviços turísticos para o cidadão que pede a nota fiscal nas compras.

Serão oferecidos 399 vouchers, sendo 200 para diárias em meios de hospedagem na categoria 1 (15 pontos), 68 vouchers na categoria 2 (30 pontos) e 44 na categoria 3 (45 pontos).

No caso dos passeios de buggy, serão 87 vouchers de 40 pontos. A relação dos empreendimentos e parceiros cadastrados no programa pode ser conferida nos sites da Secretaria de Tributação  e no da Secretaria de Turismo (Setur).

O coordenador da Nota Potiguar, Adriano Almeida, explica que só valem os pontos obtidos com as compras efetuadas no mês de setembro. A validade dos vouchers é de 90 dias, prazo para o usuário agendar a melhor data para a reserva do serviço.

“É importante lembrar que um voucher garante uma diária em apartamento duplo, com café da manhã e, para o passeio de passeio de buggy, o passeio tradicional do litoral norte, cada voucher corresponde ao buggy para 4 pessoas”.

Para a secretária do Turismo, Ana Maria da Costa, o programa Turismo Cidadão é um importante incentivo ao setor neste momento inicial da retomada das atividades, visto que fomenta o turismo dentro do território potiguar.

"Esta é uma medida muito assertiva do Governo do Estado que está injetando receita nos municípios. Reforço a importância da adesão dos meios de hospedagem e bugueiros ao selo Turismo + Protegido, exigido como critério fundamental para ter acesso ao programa Turismo Cidadão. O sucesso dessa ação depende muito das empresas adquirirem o selo Turismo+Protegido e se cadastrarem no programa", pontuou Aninha Costa.

O programa Turismo Cidadão é resultado de uma parceria entre Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN), Secretaria Estadual de Turismo (Setur) e Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur) e somente os empreendimentos que têm o selo Turismo + Protegido podem disponibilizar leitos, assim como apenas os bugueiros que adquiriram o selo, podem disponibilizar passeios para serem usufruídos pelo usuários da Nota Potiguar.

Além do Turismo Cidadão, a Nota Potiguar oferece também descontos no IPVA, acessos para assistir jogos de futebol, brindes e também sorteio de 45 prêmios, que variam entre R$ 1 mil, R$ 10 mil, R$ 20 mil e R$ 50 mil.

Para participar, basta instalar o aplicativo, fazer o cadastro e pedir a inclusão do CPF na nota fiscal ou escanear com o app o QR Code da nota fiscal em até seis horas após o momento da compra. A cada R$ 50 o participante acumula um ponto. Mas uma nota fiscal dá direito a, no máximo, dez pontos. E durante todo o mês o acúmulo máximo é de 80 pontos.


Notas

AME

Outras Notícias

Deixe seu comentário