26 OUT 2020 | ATUALIZADO 23:16
ESTADO
15/10/2020 10:17
Atualizado
15/10/2020 10:17

Governo Federal destina R$ 21 milhões para a execução do Programa de Aquisição de Alimentos no RN

A+   A-  
O acordo para envio dos recursos foi formalizado na terça-feira (13), entre o secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar, Alexandre Lima, e o Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni. Com este recurso, o Governo do RN já vem adquirindo produtos originários da agricultura familiar para abastecer escolas, hospitais e os Cras, sendo a contrapartida do estado no valor de R$ 3 milhões.
Imagem 1 -
FOTO: DIVULGAÇÃO/SEDRAF

O RN formalizou junto ao Governo Federal o recebimento de recursos na ordem de R$ 21 milhões para a execução do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) no estado.

Na última terça-feira (13), o secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar, Alexandre Lima, assinou com o Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, termo de parceria para a operacionalização do programa, executado pelo Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN (Emater).

Com este recurso, o Governo do Estado já vem adquirindo produtos originários da agricultura familiar para abastecer escolas estaduais, hospitais e os Centros de Referência de Assistência Social do Brasil (Cras), sendo a contrapartida do estado no valor de R$ 3 milhões.

O PAA tem por finalidade promover o acesso à alimentação e incentivar a produção de alimentos dos agricultores rurais - agricultura familiar.

Ele promove também o abastecimento alimentar por meio de compras governamentais de alimentos; fortalece circuitos locais e regionais e redes de comercialização; valoriza a biodiversidade e a produção orgânica de alimentos; incentiva hábitos alimentares saudáveis e estimula o cooperativismo e o associativismo.

Na ocasião, estavam presentes o Secretário de Agricultura do RN, Guilherme Saldanha; o diretor- técnico da Emater, César Oliveira; Ênio Marques, Secretário Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural do Ministério da Cidadania; Amaro Sales, Presidente da Fiern; e os deputados federais General Girão, Benes Leocádio e Walter Alves.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário