25 JAN 2021 | ATUALIZADO 17:49
ECONOMIA
12/11/2020 15:50
Atualizado
12/11/2020 15:50

Exportações do RN crescem 58,1% no mês de outubro, aponta o CIN-FIERN

A+   A-  
O dado, do levantamento realizado pelo Centro Internacional de Negócio da Fiern, é baseado na comparação com o mês de setembro; Melões, fuel oil, melancias, produtos animais impróprios para alimentação humana e mangas foram os principais produtos exportados em outubro respectivamente.
Imagem 1 -
FOTO: REPRODUÇÃO

As exportações do Rio Grande do Norte no período de janeiro a outubro deste ano ficaram 17,5% menores que no mesmo período de 2019, com melões, sal, fuel oil, melancias e tecidos de algodão sendo os produtos mais exportados respectivamente, considerando os itens regulares. Se considerados os itens extraordinários exportados em 2019 essa redução vai para 29,8%.

Já as exportações de outubro ficaram 58,1% maiores que as de setembro deste ano e 12,9% menores que as de outubro do ano passado.

Melões, fuel oil, melancias, produtos animais impróprios para alimentação humana e mangas foram os principais produtos exportados em outubro respectivamente.

A variação positiva de outubro em relação a setembro se dá normalmente com o crescimento dos embarques de melões, melancias e neste mês somou-se o embarque de fuel oil, não ocorrido em setembro, além do aumento embarcado de vários outros itens.

As exportações de melões nesses primeiros meses de safra estão praticamente iguais ao mesmo período do ano passado, enquanto as exportações das melancias estão 30,8% maiores que no mesmo período de 2019.

Na balança comercial as importações ficaram 7,3% maiores e a corrente de comércio 9,1% menor que no mesmo período de 2019.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário