23 JAN 2021 | ATUALIZADO 22:03
POLÍTICA
01/12/2020 07:09
Atualizado
01/12/2020 07:29

Transição: equipe de Allyson não recebe primeiras informações

A+   A-  
Coordenador da transição da equipe do prefeito eleito Allyson Bezerra, advogado Raul Santos, informou que havia solicitado informações sobre o Palácio da Resistência em seis ofícios, porém não foi atendido pela equipe da prefeita Rosalba Ciarlini. Apresentou outros 19, citando, inclusive, pedido de urgência
Imagem 1 -  Coordenador da transição da equipe do prefeito eleito Allyson Bezerra, advogado Raul Santos, informou que havia solicitado informações sobre o Palácio da Resistência em seis ofícios, porém não foi atendido pela equipe da prefeita Rosalba Ciarlini. Apresentou outros 19, citando, inclusive, pedido de urgência
Coordenador da transição da equipe do prefeito eleito Allyson Bezerra, advogado Raul Santos, informou que havia solicitado informações sobre o Palácio da Resistência em seis ofícios, porém não foi atendido pela equipe da prefeita Rosalba Ciarlini. Apresentou outros 19, citando, inclusive, pedido de urgência

A equipe de transição do prefeito eleito de Mossoró, Allyson (Solidariedade), protocolou 19 ofícios cobrando à Prefeitura de Mossoró informações e documentos acerca dos serviços e contas do município.

Nesta segunda-feira (30), a equipe de transição de Allyson se reuniu pela primeira vez com a equipe da atual gestão para discutir a mudança de mandato na Prefeitura de Mossoró. 

O advogado Raul Santos, coordenador da equipe de transição do prefeito eleito, destaca que na reunião de hoje já esperava receber informações mais detalhadas da Prefeitura, mas isso não ocorreu. 

Por meio de ofícios, a equipe de Allyson solicita ao atual executivo mossoroense informações sobre os contratos administrativos vigentes, as licitações em andamento, demonstrativo de dívida financeira interna, patrimônio móvel e imóvel do município, estrutura administrativa e organizacional, além da situação dos servidores efetivos, comissionados, temporários e cedidos, dentre outros assuntos de interesse da coletividade e importantes para a boa realização da transição. 

“Já havíamos protocolado 06 ofícios desde a semana passada e esperávamos ter resposta destes já hoje, mas infelizmente não tivemos. Somente nos foram disponibilizadas cópias de legislação que facilmente se consegue na internet. O que esperamos é que até o dia 10/12/2020 tenhamos acesso às respostas de todos os 19 ofícios protocolados, posto que são informações relevantes, públicas e fundamentais para que a transição possa ser feita de forma a não prejudicar a continuidade da administração pública”.  

As equipes devem se reunir novamente nos próximos dias 14 e 30 de dezembro.

Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário