04 AGO 2020 | ATUALIZADO 18:43
POLÍCIA
Da redação
06/10/2015 09:23
Atualizado
13/12/2018 15:08

Integrante do PCC é encontrado morto no presídio de Alcaçuz

A+   A-  
Detento foi encontrado enforcado na trave da quadra de esportes do Pavilhão 1, onde cumpria pena no regime fechado há 11 dias.
Imagem 1 -  Integrante do PCC é encontrado morto no presídio de Alcaçuz
Canindé Soares

O detento José Wilde da Silva, de 38 anos, foi encontrado morto no final da manhã desta terça-feira (06), dentro do presídio de Alcaçuz, no município de Nísia Floresta.

Ele, que é integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC), estava enforcado na trave da quadra de esportes do Pavilhão 1, onde o preso cumpria pena no regime fechado há 11 dias.

Segundo a direção do presídio, não se sabe o que teria motivado a morte, ou se foi homicídio ou suicídio. O corpo foi encontrado e levado até a saída do pavilhão pelos companheiros.

A Polícia Civil foi acionada para investigar o caso.

Esta é a quinta morte no Sistema Prisional do Rio Grande do Norte em menos de 48 horas. Na segunda-feira (05), dois presos foram mortos no Presídio do Seridó, em Caicó, e outros dois foram encontrados mortos na Cadeia Pública de Natal.

Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário