26 JAN 2021 | ATUALIZADO 19:38
MOSSORÓ
CEZAR ALVES
07/01/2021 17:38
Atualizado
07/01/2021 20:45

Governo e Prefeitura negociam a continuidade do arrendamento do Hospital São Luiz, em Mossoró

A+   A-  
Ao que tudo indica, o Hospital São Luiz vai continuar com a gestão da APAMIM, que já administra a unidade de campanha desde o início da pandemia, em 2020. Atualmente, o Hospital São Luiz está com 40 leitos de UTI instalados e outros 30 leitos de enfermaria. Destes, são 28 ocupados de UTI e 23 de enfermaria. Nesta sexta-feira, 8, deve haver outra reunião entre o MPRN, Governo do Estado, Prefeitura de Mossoró e a APAMIM novamente para tratar do assunto. A proposta é manter o Hospital aberto para covid-19 por mais 6 meses.
Imagem 1 -
FOTO: ARQUIVO

O Governo do Estado e a Prefeitura de Mossoró estão prestes a chegarem a um acordo para o Hospital São Luiz continuar atendendo pacientes covid-19 da região Oeste do Estado.

Ao que tudo indica, o Hospital São Luiz vai continuar com a gestão da APAMIM, que já administra a unidade de campanha desde o início da pandemia, em 2020.

Atualmente, o Hospital São Luiz está com 40 leitos de UTI instalados e outros 30 leitos de enfermaria. Destes, são 28 ocupados de UTI e 23 de enfermaria.

Os números evidenciam a necessidade extrema do Hospital São Luiz continuar aberto, especificamente para atender as vítimas da pandemia do novo coronavírus.

As tratativas para arrendar o Hospital São Luiz antes de concluir o contrato no dia 31 de dezembro falharam. Os proprietários queriam um valor de aluguel mais alto. Não chegaram a um acordo.

Diante da grave situação, o Governo do Estado requisitou a unidade. Daí ocorreu um recuo por parte dos proprietários quanto ao valor do aluguel.

Veja mais:

MPRN busca saída para cuidar dos pacientes covid-19 a partir do dia 31, em Mossoró

Por meio de portaria, Governo do RN requer uso do Hospital São Luiz por mais seis meses


Nesta sexta-feira, 8, deve haver outra reunião entre Ministério Público Estadual, Governo do Estado, Prefeitura de Mossoró e a APAMIM novamente para tratar do assunto.

Até a próxima semana, os diretores da APAMIM esperam que as negociações estejam concluídas. A proposta é manter o Hospital São Luiz aberto para covid-19 por mais 6 meses.


Notas

AME

Publicidades

Outras Notícias

Deixe seu comentário